Conversando com Deus

Uma das maiores (se não a maior) das dádivas de Deus é nos permitir buscá-lo, entrar na Sua gloriosa presença. Por meio da ORAÇÃO.

Quer agradar a Deus? Quer fazer Deus sorrir? Pois fale com Ele, ore a Ele em todo o tempo em espírito. Um cristão saudável é um cristão que ora, é um cristão que fala com Deus. 

Procuremos ter intimidade com Deus, e intimidade com Ele nós só encontramos com oração, com o ouvir e com o falar, com o conhecer e o se fazer voluntariamente conhecido.

Ouvir a Deus por intermédio das Escrituras, onde Ele fala aos nossos corações; e se fazer conhecido colocando diante dele toda a nossa intimidade, nossos medos, nossas tristezas, nossos agradecimentos, e tudo o que somos.

Filipenses 4.6: ”Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam, e orem sempre com o coração agradecido.” [NTLH]

Little Girl Praying

Uma comparação bem interessante para a oração é o cordão umbilical, pois ele liga o filho a sua mãe, eles se comunicam através daquele cordão, por ele o feto diz ao organismo da mãe do que precisa. Na oração é mais ou menos assim, por ela estamos ligados ao nosso Pai, e através dela conseguimos os nutrientes que alimentam e fortalecem nosso corpo e espírito. Pela oração podemos pedir saúde física e espiritual, podemos pedir qualquer coisa, desde que seja da vontade de Deus.

Tiago 4.3: ”E, quando pedem, não recebem, por que os seus motivos são maus. Vocês pedem coisas a fim de usá-las para os seus próprios prazeres.” [NTLH]

Existem pessoas que na hora da dificuldade pegam o telefone e ligam para mãe ou o pai para pedir ajuda ou para agradecer um presente; a oração também funciona dessa forma, ela é a nossa linha direta com nosso Pai que está nos céu.

Por isso se você quer ter intimidade com Deus, fale com Ele em todo o tempo, abra o seu coração para Ele, coloque diante Dele todas as suas dificuldades, os seus problemas, as suas tristezas e os seus agradecimentos também. Pode ter certeza que Ele vai se agradar em te ouvir falar e estará sempre disposto e desejoso de lhe ajudar.

Creia nesse Deus todo poderoso e amoroso!

Um nome chamado Santo

Na antiguidade existia o costume de os nomes das pessoas serem dados por um significado. Quando nascia alguém, seus pais lhe davam um nome representava algo.

Esses mesmos nomes poderiam ser mudados ao longo da vida da pessoa e essas mudanças eram algo até comum, elas representavam simbolicamente o começo de uma época, representavam uma mudança de propósito na vida daquela pessoa. Enfim, quando algo realmente significativo acontecia na vida dela.

Entre as mudanças de nome mais conhecidas que vemos na bíblia está a de Abraão, que anteriormente chamava-se Abrão. O nome Abrão significa “pai enaltecido”, é um belo significado, sem dúvida os pais de Abrão deram um nome ao seu filho com um bonito significado, mas o propósito de Deus para Abrão era muito maior, e Deus mudou o nome de Abrão para Abraão, que significa “pai de numerosas nações”.

Deus mudou os caminhos da vida de Abraão, Deus fez de um“pai enaltecido” um “pai de numerosas nações”.

E você? Como se chama?

sua nova identidade RG do céu (1)

Quando conhecemos a Cristo, quando confessamos os nossos pecados e nos arrependemos deles, quando decidimos viver para Cristo, mudar uma vida de desobediência por uma vida de obediência ao Senhor, mudar uma vida de desonra por uma vida que honra ao Senhor, mudar uma vida de pecado por uma vida de santidade, quando o nosso propósito de vida muda, também recebemos um novo nome. Não um nome que aparece na nossa cédula de identidade, não um nome que está cadastrado na receita federal pelo CPF, mas um nome que está gravado dentro de nós, um nome chamado “santo”.

1 Pedro 1.16  “Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.”

Seguir a Jesus é o maior divisor de águas na vida alguém, pois representa uma mudança completa, uma mudança de propósito de vida, de atitudes, de coração e de destino eterno.

O batismo representa bem esse marco, quando imergimos nessas águas estamos sepultando a velha criatura e todas as suas concupiscências, e ao emergirmos uma nova criatura ali se apresenta para uma nova vida, uma vida dedicada a Cristo, uma vida de discípulo de Jesus, para ser chamado de “santo”, assim como Ele é.

Se você já entregou sua vida a Jesus, que Ele te ajude a ter uma vida de santidade e obediência a Sua Palavra, que possa honrar esse novo nome que Ele te deu.

Se ainda não entregou sua vida a Jesus, saiba que Ele tem um propósito para ela, que Ele tem um novo nome para você, um nome chamado “santo”.

 Que o Senhor te abençoe!

O terceiro excluído: A escolha é inevitável

Bom pessoal, meu nome é Danilo Pinheiro, sou da Igreja de Cristo Central de Fortaleza (a mesma de todos os outros colunistas), e vou estar com vocês ás segundas e sextas compartilhando reflexões sobre as verdades do nosso Senhor Jesus. A paz seja com todos vocês! Vamos lá… =]

Existe um principio lógico chamado de “terceiro excluído” e esse determina que um argumento ou é verdadeira ou é falsa, não havendo terceira possibilidade ou meio termo: (se X é verdadeiro, não pode ser simultaneamente falso) e vice-versa.
“Entre um ser que é uma girafa e um ser que não é uma girafa, não existe terceira possibilidade ou meio termo: não existem “camelogirafas” ou “ patogirafas”. A esta terceira hipótese não existe, está excluída.

Na vida espiritual este princípio também se aplica, pois só existe dois caminhos “verdade” ou “mentira”, dois senhores “Cristo” ou “Satanás”, dois objetivos “Céu” ou “Inferno”.

Sugestão de imagem

Algumas pessoas pensam que podem simplesmente ficar em cima do muro, sem servir a ninguém, mas isso não é possível, pois só existem dois senhores: Satanás e Cristo. E como ninguém pode servir a dois senhores…

“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.” Mateus 6.24 

esta escolha é inevitável.

O Senhor não exige trabalho forçado, nem devoção contra a vontade, mas uma coisa Ele não abre mão: Ter você por inteiro. Se você decide ser servo do Deus Altíssimo e verdadeiro, deve fazê-lo por completo.

Deus exige uma postura, uma decisão, ou somos Dele e nos santificamos, ou somos do diabo e nos sujamos mais e mais, não existe uma terceira alternativa.

Deus nos deu livre arbítrio, ou seja, a liberdade de escolha. Liberdade para escolher até mesmo quem vai conduzir as nossas vidas, Deus nos deu esta condição.

Podemos entregá-la nas mãos do próprio Deus, mas também podemos entregá-la nas mãos de satanás ou do próprio “EU”, o que dá no mesmo.

O maior truque de satanás foi convencer o mundo de que ele não existe.

Essa ideia de liberdade absoluta que o mundo apresenta é uma ilusão, é uma armadilha de satanás, ele deixa que pensemos que somos absolutamente livres, mas na verdade somos escravos de nós mesmos, do nosso ego, das nossas vontades, das nossas paixões.

Quando somos escravos de nós mesmos colocamos o nosso ego, a nossa vontade, a nossa preferência como senhores e desta forma tiramos Deus do trono da nossa vida, assim praticamos a idolatria, servindo ao ego e não a Deus.

Ao dedicarmos ao Senhor toda nossa vida, todos os “cômodos” do nosso coração, certamente não haverá “cantinhos” escuros onde o inimigo das nossas almas possa se alojar. Todo nosso ser terá o brilho da glória de Deus, seremos felizes e prósperos em Sua boa, perfeita e agradável vontade.

Que o Senhor os abençoe!