Amor fora de série

Antes de começar a ler, coloque essa música para tocar [ http://www.youtube.com/watch?v=Iwa6l0B8MzM ] Medite no que ela diz. Vamos lá… 

O amor é o combustível das nossas almas. Sem amor, todos nós acabamos morrendo uma hora ou outra… Uma vida sem amor é uma vida sem sentindo. Nós fomos feitos para sermos amados, e consequentemente, para amar.

Olhando ao meu redor eu vejo pessoas completamente carentes de amor. De atenção. De afeto. Elas tentam de todas as formas atrair a atenção para si mesmas, tentam ser mais bonitas, mais elegantes… É uma disputa de quem tem mais curtidas em suas fotos no Facebook… Independente de que tipo de ‘amor’ elas receberão, elas o buscam incansavelmente. Não as julgo… É algo natural buscar o que não se acha dentro de si, e ainda mais, algo tão indispensável para a sobrevivência: Amor.

Um Amor que cura, perdoa, transforma, restaura, anima, dá vida. É desse Amor que eu gostaria de falar hoje. Ele é inefável! Mas lá vou em mais uma de minhas tentativas de explicá-lo para vocês.

Há alguns anos, eu era da mesma forma que essas pessoas citadas ali em cima. Eu era a carência master em pessoa de um amor que, mesmo tendo ouvido falar bastante, eu, de fato, não conhecia. E eu procurava suprir o vazio do meu coração (a falta desse Amor) em prazeres que o mundo tem para nos oferecer. Prazeres efêmeros, que dão alguma coisa ‘boa’, mas que logo passa. E o vazio volta. E eu saio mais uma vez em busca de preenche-lo. E quebro a cara mais uma vez. E mais uma vez. E mais uma vez… Não tinha mais nem cara pra quebrar, mas eu quebrava, e quebrava e quebrava. Até que um dia eu tomei conta do rumo que a minha vida estava levando! Do quão vazio eu era! Do quão imensa era a Vida ao meu redor e eu não dava conta. E foi quando eu conheci esse Amor, que eu ME conheci.

Eu devo ter nascido na Igreja, o pastor dando glória a Deus e eu vindo ao mundo no meio do louvor. Todos os domingos, lá estava eu, mais uma vez… Na verdade bem verdadeira, só meu corpo estava ali. Por que minha mente e meu coração nunca estiveram.

Mas, voltando… Quando eu conheci a Cristo de verdade, quando eu fui mergulhada naquelas águas e trazida á tona eu mal podia imaginar a vida que Deus tinha para mim, desde o princípio de tudo. Eu conheci o AMOR, e esse Amor tem me ensinado a Amar.

O que eu quero dizer pra vocês, é que Deus não é um Deus distante, Ele não está lá de cima olhando para nós: Ele está do nosso lado. E esteve do meu o tempo inteiro. Ele persistiu na minha vida até o último segundo, e eu me rendi. Me rendi a esse Amor que mal consigo explicar de tão imenso. Eu sei como você se sente, sei do seu vazio, sei das noites em claro, do travesseiro molhado, do coração quebrado, dos sorrisos falsos, do prazer que nunca dava realmente prazer… Eu sei como você sente! Mas agora, quero que saiba como EU me sinto:

Sabe aquele vazio? Ele preencheu! Sabe aqueles pecados todos, aquela sujeira medonha? Ele limpou, perdoou! Sabe aquela vontade de dar fim a vida? Sumiu, e no lugar disso, hoje tenho um enorme prazer em Viver o que Deus quer que eu viva. 

Sabe aquela canção que diz: ”Aos olhos do pai
Você é uma obra-prima
Que ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor

Ela é sincera! Nós fomos planejados e criados por um Deus de amor, um Deus Pai, um Deus Criador! Um Deus que tem um Amor que nem palavras podem descrever… Então… Suas buscas acabaram. O amor que tanto procura está mais perto de você do que imagina.

amor

Deus não quer saber dos pecados que você cometeu ontem, hoje… Ele não quer saber se você usa roupa de marca ou não, se anda com os mais descolados da escola ou não… Ele não quer saber de nada disso… Ele só quer o seu coração!

Lendo a Bíblia você vai ter um espelho da sua alma. Rendida em oração você vai encontrar o prazer que nunca encontrou. Nascendo de novo, da água e do Espírito você vai Viver o que nunca viveu. Se rendendo a esse Amor, você vai experimentar o que jamais experimentou! E não é propaganda enganosa… Experimente!!!

Eu fui salva por um Amor que SALVA, perdoada por um Amor que PERDOA, curada por um Amor que CURA, restaurada por Amor que restaura, e recebi vida de um Amor que dá vida! E esse amor é de Deus por nós, provado pelo sacrifício de Jesus Cristo numa cruz!

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Minha oração é que minha simples mensagem, mas escrita do meu coração para o seu coração possa tocá-lo. Eu não falo de palavras. Eu falo de Amor. Um amor que nem todos os escritores do mundo juntos seriam capaz de descrevê-lo!

Com AMOR,

Débora Amaro.

Meu facebookhttps://www.facebook.com/deboragamaro

Twitterhttps://www.facebook.com/deboragamaro

Anúncios

Pratique a gratidão

Jesus durante toda a sua vida fez milagres. Por onde passava deixava rastros da glória maravilhosa de Deus. Mas o que havia de extraordinário no coração das pessoas abençoadas naquela época que não se vê nos dias de hoje?

Na conversa com a mulher samaritana no poço de Jacó: Disse a mulher: “Eu sei que o Messias (chamado Cristo) está para vir. Quando ele vier, explicará tudo para nós”. (João 4.25); Então, deixando o seu cântaro, a mulher voltou à cidade e disse ao povo: “Venham ver um homem que me disse tudo o que tenho feito. Será que ele não é o Cristo?” (v. 28-29)

A cura do cego de nascença: “Então, como foram abertos os seus olhos?”, interrogaram-no eles. Ele respondeu: “O homem chamado Jesus misturou terra com saliva, colocou-a nos meus olhos e me disse que fosse lavar-me em Siloé. Fui, lavei-me, e agora vejo”. (João 9.10-11)

A cura do homem endemoninhado: ”Quando Jesus estava entrando no barco, o homem que estivera endemoninhado suplicava-lhe que o deixasse ir com ele. Jesus não o permitiu, mas disse: “Vá para casa, para a sua família e anuncie-lhes quanto o Senhor fez por você e como teve misericórdia de você”. Então, aquele homem se foi e começou a anunciar em Decápolis o quanto Jesus tinha feito por ele. Todos ficavam admirados.” (Marcos 5.18-20)

O que você vê de comum nessas três pessoas?

GRATIDÃO, mas não apenas, ATITUDES que demonstravam GRATIDÃO. 

Se você me faz algo bom, e eu te digo: ”Obrigada! Valeu aí!”, mas depois viro as costas para você, e só lembro de te procurar novamente quando preciso de alguma coisa, você acreditaria na minha gratidão? Ou acharia que apenas faço de você um ”gênio da lâmpada”?

Pois é, pois é… É ruim, né? Então por que muitos de nós faz o mesmo com Deus? Recebemos dEle bençãos, sejam elas materiais ou espirituais, consolo na hora da angustia, temos conosco um amigo sempre fiel, um amor que nunca acaba… E aí somos ”gratos” por alguns instantes, mas logo isso passa e se quer nos lembramos mais dAquele que todos os dias prova Seu amor por nós!

5550724542_a63a004c14_zEntão, amigo, o meu convite a você é que não seja apenas grato a Deus por tudo o que Ele é e faz na sua vida, mas assim como os  exemplos citados, tome uma atitude! Faça como a mulher samaritana e diga a todos o quão bom é o  Deus Criador do universo! Assim com o homem endemoninhado, siga-O! Não seja apenas uma pessoa  grata, vá bem mais além, torne-se DISCÍPULO!

Não diga a Deus que o ama apenas quando é abençoado, mas mesmo nas dificuldades, seja fiel a Ele  como Ele é á  você! Não busque-O em orações e súplicas apenas quando um amigo seu está em um leito  de hospital… busque- O incessantemente por Ele ser ELE: Um DEUS criador do UNIVERSO que deu o  seu ÚNICO FILHO em NOSSO FAVOR!

E Lembre-se todos os dias que Deus o ama! E mais do que isso: AME-O! E seja grato, sempre! Mas mais do que isso: PRATIQUE A SUA GRATIDÃO.

Toda a glória seja dada a Ele!

Com amor,

Débora Amaro.

Tome uma atitude

Toda primavera, plantamos aproximadamente 40 mudas de tomate. Todo outono, ao descobrirmos que temos mais tomates do que somos capazes de comer, enlatar ou transformar em molho, distribuímos aos agradecidos amigos e membros da família. Mas fico pensando, por que nossos beneficiados – como amantes de tomates que são – não plantam eles próprios?

Não é que sejam preguiçosos, pois trabalham muito em outras áreas. Talvez seja simples questão da inércia. Apesar de gostarem de tomates, jamais os plantaram.

Quantas vezes agimos com mediocridade devido á inércia? Gostaríamos de orar mais, ter melhor relacionamento com os cônjuges, com os amigos, sair mais com os filhos, ler mais livros, arrumar um emprego melhor, comer melhor, fazer mais exercícios – mas nada fazemos a esse respeito. Seguimos em frente, deixando as coisas como estão ao invés de trabalhar pelo que elas poderiam ser.

Sou desafiado por Paulo, que – bem mais maduro em sua caminhada espiritual – humildemente declarou: ”É claro, irmãos, que eu não penso que já consegui isso. Porém uma coisa eu faço: esqueço aquilo que fica para trás e avanço para o que está a minha frente. Corro direto para a linha de chegada a fim de conseguir o prêmio da vitória. Esse prêmio é a nova vida para a qual Deus me chamou por meio de Cristo Jesus” (Filipenses 3:13-14).

Imagem

Qual a área da sua vida que você gostaria de ir além da mediocridade? Se continuar a fazer o que sempre fez, a tendência é conseguir o que sempre conseguiu.

Mude! Vá em frente – lute para melhorar o seu relacionamento conjugal, e também melhorá-lo com seus amigos, e com o próprio Deus, para aproximar-se dEle.

Quais passos você pode dar nessa direção? Primeiro estabeleça suas metas com Deus em oração. Depois escreva. Agora inicie – e siga firme!

Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo.
Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nEle, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé. Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como Ele em Sua morte, para de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos.
Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus. Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante,
prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.” (Filipenses 3:7-14)

(Mike Wittmer – Pão Diário)

Preencha seu dia com a graça do Senhor

Imagem

Ontem você pisou na bola…

Falou o que não devia, pegou a rua errada, apaixonou-se pela pessoa errada, reagiu de forma inadequada. Falou quando deveria ter escutado, se apressou quando deveria ter esperado, julgou quando deveria ter confiado, entregou- se quando deveria ter resistido.
 
Ontem tudo deu errado. Mas você terá muitos outros dias como esse se deixar os erros de ontem afetarem sua atitude de hoje.
 
As misericórdias de Deus se renovam a cada manhã. Receba-as. Aprenda uma lição com a floresta Cascade do Estado de Washington. Algumas das árvores de lá têm mais de cem anos, ultrapassando a expectativa de vida de cinqüenta a sessenta anos. Uma árvore cheia de folhas, data de sete séculos atrás!
 
O que faz a diferença? Chuvas diárias e abundantes mantêm o chão úmido, as árvores molhadas e os relâmpagos fracos. Relâmpagos afetam você também. Trovões de lamentações podem paralisá-lo e consumi-lo.
 
Reaja a eles com chuvas da graça de Deus e com doses diárias de perdão. Uma vez por ano não basta. Uma vez por mês é insuficiente. Chuviscos só uma vez por semana deixam você seco. Nevoeiros esporádicos deixam-no sem energia. Você precisa se renovar todos os dias.
 
Graças ao grande amor do SENHOR é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade!” (Lamentações 3:22,23).
 
Livro: (Todo Dia é um Dia Especial) – Max Lucado (Blog Jackellayne Lima)
 
Deus quer jogar fora as cargas da nossa auto-suficiência, e no lugar, nos dá a paz da confiança na sua misericórdia. Faça essa troca. Dê a Ele o seu ”eu”, e receba no lugar um coração confiante no Senhor!
 
Com amor,
Débora Amaro. 

Qual é você?

Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram.
Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda.
Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz.
Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas.
Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um.
Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça! “
Mateus 13: 3-9

detalhe-de-mao-semeando-trigo-1308256270742_564x430

“Portanto, ouçam o que significa a parábola do semeador:
1- Quando alguém ouve a mensagem do Reino e não a entende, o Maligno vem e lhe arranca o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho.
2- Quanto ao que foi semeado em terreno pedregoso, este é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria.
Todavia, visto que não tem raiz em si mesmo, permanece por pouco tempo. Quando surge alguma tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo a abandona.
3- Quanto ao que foi semeado entre os espinhos, este é aquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera.
4- E, finalmente, o que foi semeado em boa terra: este é aquele que ouve a palavra e a entende, e dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um“.
Mateus 13: 18-23

E eu pergunto: Qual deles é você?

Tempo para amar

É complicado falar de amor, mas ao mesmo tempo, não há nada mais prazeroso.

Tenho aprendido com Deus que essa é nossa única missão, o resto é apenas consequência disso. E se nós falharmos (o que acontecerá algumas vezes) nessa missão, olhemo-nos com perdão. Pois fomos chamados para amar e não para sermos perfeitos.

Estou lendo ‘Em Seus Passos, O Que Faria Jesus?’ e refletindo sobre isso, vi que nem sempre tem como nós sabermos, de fato, como o Senhor agiria. Mas de uma coisa eu não duvido: o amor estaria envolvido.

Deem graças ao Senhor, porque ele é bom. O seu amor dura para sempre! Salmos 136:1

A certeza de que o amor do Senhor por nós nunca irá acabar é o que mantém viva a chama da esperança da salvação. E quando temos a plena convicção da imensidão do Seu amor, é inevitável não compartilhá-lo com alguém, é impossível não sentir a vontade de amar também.

Por que Deus amou ao mundo de tal maneira, que deu o seu único filho para que todo aquele que nEle crê, não pereça, mas tenha a vida eterna. – João 3:16

Deus nos amou, nos ama, e nos amará eternamente! Essa verdade ninguém pode roubar de nós! E nós O amamos, por que Ele nos amou primeiro! (1 João 4:19)

Mas amar não são apenas palavras, são principalmente atitudes! E como saber se amamos? Meditando no capítulo do Amor, 1 Coríntios 13.

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7

É tempo para amar! Como diz uma canção do Thiago Grulha: ”Quem não tem tempo para amar, morre por dentro a cada segundo (…) Quem decide amar, decide viver…”

Imagem

”Respondeu Jesus: ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’.” Mateus 22:37-39

É TEMPO PARA AMAR! Tempo para amar ao Senhor, e aos outros. Se Deus nos deu esses mandamentos, é por que é possível cumpri-los.

O amor é uma graça! Que nossa oração diariamente seja pedindo ao Senhor que nos ensine a amar aos outros, como Ele nos ama. E que nós possamos ser cada vez mais apaixonados pelo nosso Criador!

E o mundo conhecerá que Cristo vive em nós, se nós vivermos em Amor!

O coração humilde

”O amor não se vangloria, não se orgulha” 1 Coríntios 13:4

O coração humilde honra os outros.

Jesus não é nosso exemplo? Contente por ser conhecido como um carpinteiro. Feliz por ser confundido com o jardineiro. Ele serviu seus seguidores lavando seus pés. Ele nos serve fazendo o mesmo.

Lava-pés - 8

A cada manhã ele nos presenteia com beleza. A cada domingo Ele nos chama para sua mesa. A cada momento Ele reside em nossos corações. E Ele não fala do dia em que Ele como “Senhor se vestirá para servir, fará que se reclinem à mesa, e virá servi-los” (Lucas 12:37)?

 Se Jesus está tão disposto a honrar-nos, não podemos fazer o mesmo pelos outros? Faça das pessoas uma prioridade. Aceite seu papel em Seu plano. Seja rápido em dividir os aplausos.

E, acima de tudo, considere os outros mais importantes do que você. O amor faz. Porque o amor “não se vangloria, não se orgulha”.

– Max Lucado.