Conversando com Deus

Uma das maiores (se não a maior) das dádivas de Deus é nos permitir buscá-lo, entrar na Sua gloriosa presença. Por meio da ORAÇÃO.

Quer agradar a Deus? Quer fazer Deus sorrir? Pois fale com Ele, ore a Ele em todo o tempo em espírito. Um cristão saudável é um cristão que ora, é um cristão que fala com Deus. 

Procuremos ter intimidade com Deus, e intimidade com Ele nós só encontramos com oração, com o ouvir e com o falar, com o conhecer e o se fazer voluntariamente conhecido.

Ouvir a Deus por intermédio das Escrituras, onde Ele fala aos nossos corações; e se fazer conhecido colocando diante dele toda a nossa intimidade, nossos medos, nossas tristezas, nossos agradecimentos, e tudo o que somos.

Filipenses 4.6: ”Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam, e orem sempre com o coração agradecido.” [NTLH]

Little Girl Praying

Uma comparação bem interessante para a oração é o cordão umbilical, pois ele liga o filho a sua mãe, eles se comunicam através daquele cordão, por ele o feto diz ao organismo da mãe do que precisa. Na oração é mais ou menos assim, por ela estamos ligados ao nosso Pai, e através dela conseguimos os nutrientes que alimentam e fortalecem nosso corpo e espírito. Pela oração podemos pedir saúde física e espiritual, podemos pedir qualquer coisa, desde que seja da vontade de Deus.

Tiago 4.3: ”E, quando pedem, não recebem, por que os seus motivos são maus. Vocês pedem coisas a fim de usá-las para os seus próprios prazeres.” [NTLH]

Existem pessoas que na hora da dificuldade pegam o telefone e ligam para mãe ou o pai para pedir ajuda ou para agradecer um presente; a oração também funciona dessa forma, ela é a nossa linha direta com nosso Pai que está nos céu.

Por isso se você quer ter intimidade com Deus, fale com Ele em todo o tempo, abra o seu coração para Ele, coloque diante Dele todas as suas dificuldades, os seus problemas, as suas tristezas e os seus agradecimentos também. Pode ter certeza que Ele vai se agradar em te ouvir falar e estará sempre disposto e desejoso de lhe ajudar.

Creia nesse Deus todo poderoso e amoroso!

Anúncios

Amor fora de série

Antes de começar a ler, coloque essa música para tocar [ http://www.youtube.com/watch?v=Iwa6l0B8MzM ] Medite no que ela diz. Vamos lá… 

O amor é o combustível das nossas almas. Sem amor, todos nós acabamos morrendo uma hora ou outra… Uma vida sem amor é uma vida sem sentindo. Nós fomos feitos para sermos amados, e consequentemente, para amar.

Olhando ao meu redor eu vejo pessoas completamente carentes de amor. De atenção. De afeto. Elas tentam de todas as formas atrair a atenção para si mesmas, tentam ser mais bonitas, mais elegantes… É uma disputa de quem tem mais curtidas em suas fotos no Facebook… Independente de que tipo de ‘amor’ elas receberão, elas o buscam incansavelmente. Não as julgo… É algo natural buscar o que não se acha dentro de si, e ainda mais, algo tão indispensável para a sobrevivência: Amor.

Um Amor que cura, perdoa, transforma, restaura, anima, dá vida. É desse Amor que eu gostaria de falar hoje. Ele é inefável! Mas lá vou em mais uma de minhas tentativas de explicá-lo para vocês.

Há alguns anos, eu era da mesma forma que essas pessoas citadas ali em cima. Eu era a carência master em pessoa de um amor que, mesmo tendo ouvido falar bastante, eu, de fato, não conhecia. E eu procurava suprir o vazio do meu coração (a falta desse Amor) em prazeres que o mundo tem para nos oferecer. Prazeres efêmeros, que dão alguma coisa ‘boa’, mas que logo passa. E o vazio volta. E eu saio mais uma vez em busca de preenche-lo. E quebro a cara mais uma vez. E mais uma vez. E mais uma vez… Não tinha mais nem cara pra quebrar, mas eu quebrava, e quebrava e quebrava. Até que um dia eu tomei conta do rumo que a minha vida estava levando! Do quão vazio eu era! Do quão imensa era a Vida ao meu redor e eu não dava conta. E foi quando eu conheci esse Amor, que eu ME conheci.

Eu devo ter nascido na Igreja, o pastor dando glória a Deus e eu vindo ao mundo no meio do louvor. Todos os domingos, lá estava eu, mais uma vez… Na verdade bem verdadeira, só meu corpo estava ali. Por que minha mente e meu coração nunca estiveram.

Mas, voltando… Quando eu conheci a Cristo de verdade, quando eu fui mergulhada naquelas águas e trazida á tona eu mal podia imaginar a vida que Deus tinha para mim, desde o princípio de tudo. Eu conheci o AMOR, e esse Amor tem me ensinado a Amar.

O que eu quero dizer pra vocês, é que Deus não é um Deus distante, Ele não está lá de cima olhando para nós: Ele está do nosso lado. E esteve do meu o tempo inteiro. Ele persistiu na minha vida até o último segundo, e eu me rendi. Me rendi a esse Amor que mal consigo explicar de tão imenso. Eu sei como você se sente, sei do seu vazio, sei das noites em claro, do travesseiro molhado, do coração quebrado, dos sorrisos falsos, do prazer que nunca dava realmente prazer… Eu sei como você sente! Mas agora, quero que saiba como EU me sinto:

Sabe aquele vazio? Ele preencheu! Sabe aqueles pecados todos, aquela sujeira medonha? Ele limpou, perdoou! Sabe aquela vontade de dar fim a vida? Sumiu, e no lugar disso, hoje tenho um enorme prazer em Viver o que Deus quer que eu viva. 

Sabe aquela canção que diz: ”Aos olhos do pai
Você é uma obra-prima
Que ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor

Ela é sincera! Nós fomos planejados e criados por um Deus de amor, um Deus Pai, um Deus Criador! Um Deus que tem um Amor que nem palavras podem descrever… Então… Suas buscas acabaram. O amor que tanto procura está mais perto de você do que imagina.

amor

Deus não quer saber dos pecados que você cometeu ontem, hoje… Ele não quer saber se você usa roupa de marca ou não, se anda com os mais descolados da escola ou não… Ele não quer saber de nada disso… Ele só quer o seu coração!

Lendo a Bíblia você vai ter um espelho da sua alma. Rendida em oração você vai encontrar o prazer que nunca encontrou. Nascendo de novo, da água e do Espírito você vai Viver o que nunca viveu. Se rendendo a esse Amor, você vai experimentar o que jamais experimentou! E não é propaganda enganosa… Experimente!!!

Eu fui salva por um Amor que SALVA, perdoada por um Amor que PERDOA, curada por um Amor que CURA, restaurada por Amor que restaura, e recebi vida de um Amor que dá vida! E esse amor é de Deus por nós, provado pelo sacrifício de Jesus Cristo numa cruz!

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Minha oração é que minha simples mensagem, mas escrita do meu coração para o seu coração possa tocá-lo. Eu não falo de palavras. Eu falo de Amor. Um amor que nem todos os escritores do mundo juntos seriam capaz de descrevê-lo!

Com AMOR,

Débora Amaro.

Meu facebookhttps://www.facebook.com/deboragamaro

Twitterhttps://www.facebook.com/deboragamaro

Pra se ter do lado

Uma canção junina diz assim: ”Ela só quer, só pensa em namorar, ela só quer, só pensa em namorar, de manhã cedo já tá pintada, só vive suspirando, sonhando acordada, ela só quer, só pensa em namorar…” canção de Luiz Gonzaga.

Seja ele ou ela, você conhece alguém assim. Talvez, você Seja alguém assim!

Não é pecado querer namorar, mas é de suma importância ter sabedoria ao escolher quem você vai passar a vida ao lado. Digo isso por que eu, particularmente, já me imagino subindo no altar com meu futuro companheiro. E nós, cristãos, devemos ter esse pensamento. Nosso namoro não pode ser apenas mais um, tem de ser O namoro.

A pessoa que você escolhe pra se ter do lado depende do tipo de relacionamento que você tem com Deus!

Basta o rapaz ou a moça ”ser da igreja”? Eu fui da igreja 13 anos da minha vida, e nem por isso eu vivia de modo digno do Evangelho de Cristo. Muitos apenas frequentam por obrigação, costume de família, etc. Isso não significa nada.

Basta o rapaz ou a moça ser bonitinho? Se ele sofrer um acidente e ficar completamento deformado, vai continuar amando-o como no princípio?

Se você escolhe alguém por aparência, e se conforma em simplesmente ela/e ser ”da igreja”, sem saber se ela/e É igreja, então isso só mostra que seu relacionamento com Deus tá num nível raso.

Por que quem tem um relacionamento intimo sério com o Pai, só vai querer ter consigo alguém que tenha um relacionamento intimo sério com o Pai! Você entende o que eu digo? Água e óleo não se misturam! Nível raso com nível profundo não dá certo, ambos tem de estar no mesmo nível.

garotos-contam--terminar-namoro32357

Você não está escolhendo alguém pra passar um fim de tarde, mas toda a sua vida!!! Será quem um(a) rapaz/moça sem compromisso com Deus, sem responsabilidades, maturidade, e consciência de santidade, vai dar certo com você? Não falo de uma pessoa perfeita, mas de uma pessoa que conhece a Perfeição (Cristo) e busca ser como ela.

Mas agora há algo importante que precisa ser lembrado: Pra você querer um cara de Deus, ou uma mulher de Deus, você tem de ser uma pessoa de Deus!

Quer alguém maduro? Seja maduro! Quer alguém que busca santidade? Busque santidade. Quer alguém que tenha um compromisso com Deus? Tenha-o também. Gente espiritual atrai gente espiritual. Uma pessoa com os propósitos certos não vai querer qualquer um do seu lado. Ou seja, quando você procura ser, e é, alguém que tem seriedade com Cristo, será natural tanto querer como ter alguém assim do seu lado.

Algo punk pra se refletir: O tipo de pessoa que você tem/quer ter do seu lado vai refletir aquilo que VOCÊ É! Com essa eu fecho!

Peçam sabedoria a Deus, que a todos dá livremente! (Tiago 1:5)

Com amor,

Débora Amaro.

Ser discípulo de Cristo

Fácil é se dizer cristão. Fácil é ter princípios. Seguir o que a Bíblia diz sobre não matar, não roubar, respeitar os mais velhos, obedecer as autoridades, etc… Mas isso não nos faz verdadeiros discípulos!

Cristãos são seguidores de Cristo. Algo interessante é que esse nome aparece três vezes no Novo Testamento. Discípulos são imitadores de Cristo, e esse nome aparece mais de duzentas vezes no Novo Testamento.

Por obedecer o que a Palavra de Deus ensina você pode ser considerado cristão. Mas, qual a diferença entre os dois?

Quando somos discípulos não obedecemos a Palavra por obrigação, como se fossem regras a serem seguidas. A seguimos por que nosso coração, que está sendo trabalhado pelo Espírito Santo, sente prazer no mesmo. Obedecemos por que, nossa alegria está em fazer a vontade daquele que deu a sua vida por nós.

Ser discípulo não é apenas ter casualmente comunhão com o Pai, é ser UM com Ele. É conhecê-lo, e ter anseio constante, de o fazer cada vez mais. Por que? Por saber que Ele, e somente Ele, é o que nós devemos procurar ser.

Imagem

Ser discípulo não é simplesmente ajudar ao próximo, é fazê-lo com e por amor. Não é apenas dar a vida para Cristo, mas viver um nova vida todos os dias, e deixar que o Espírito Santo faça nova todas as coisas. É olhar para o que era antes e ter vergonha, desprezo. E olhar para o que se é hoje, olhar para o que Deus nos permitiu ser, e querer ser cada vez mais semelhante a Ele.

É não ter medo de crescer, mas buscar isso todos os dias, por meio da Palavra de Deus, e da comunhão com Ele. É falar dEle, não por simplesmente ser um mandamento. Mas por que és prova viva do que só ELE pode fazer na vida de alguém ou algo comum, e transformá-lo em extraordinário. 

E é fácil? Jesus nunca disse que seria. Pelo contrário, Ele nos alertou de que se quiséssemos de fato viver a Sua vida, iríamos sofrer provações, perseguições, abandonos, aflições… Mas ele nos garantiu de que valeria a pena. Valeria a pena, por que um dia, num breve dia, iremos estar face a face com Ele, para sempre. Para a eternidade. E nada irá nos separar da sua gloriosa presença. E para um verdadeiro discípulo isso é motivo suficiente para seguir a caminhada. Além de saber que pela nossa vida, podemos glorificar a Deus, fazê-lo feliz, engrandecer seu Reino e vivê-lo todos os dias.

Então Jesus disse aos seus discípulos: Se alguém quer ser um dos meus seguidores, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Por que todo aquele que conservar a sua vida, perdê-la; e todo aquele que perder a sua vida por minha causa, vai encontrá-la novamente. Mateus 16:24-25.

Deus nos faz um convite por meio da sua palavra, para sermos seus fieis discípulos!

A atitude de vocês deve ser semelhante aquela que nos foi mostrada por Cristo Jesus, que embora sendo Deus, não exigiu nem se apagou a seus direitos como Deus, mas esvaziou a si mesmo, vindo a ser servo e tornando-se semelhante aos homens. E humilhou a si mesmo, e foi obediente até a morte, e morte de cruz. Filipenses 2: 5-8.

Jesus é nosso exemplo de discipulado com obediência por amor.

Devemos ser reverentes, e tremer diante da palavra e presença gloriosa de Deus! Mais do que seguidores, sejamos imitadores de Cristo! E que o Espírito Santo de Deus que habita de nós, possa trabalhar em nosso coração e nossas vidas, para que nos tornemos verdadeiros discípulos do Senhor Jesus Cristo!

A Ele seja a glória hoje e sempre.

Com amor,

Débora Amaro.

Indiferença

Era uma vez um escritor que morava em uma tranquila praia, junto de uma colônia de pescadores. Todas as manhãs ele caminhava à beira do mar para se inspirar, e à tarde ficava em casa escrevendo. Certo dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Ao chegar perto, ele reparou que se tratava de um jovem que recolhia estrelas-do-mar da areia para, uma por uma, jogá-las novamente de volta ao oceano.

Imagem

Por que está fazendo isso?”- perguntou o escritor.

“Você não vê!? –explicou o jovem– A maré está baixa e o sol está brilhando. Elas irão secar e morrer se ficarem aqui na areia”.

O escritor espantou-se.

“Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo afora, e centenas de milhares de estrelas-do-mar espalhadas pela praia. Que diferença faz? Você joga umas poucas de volta ao oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma”.

O jovem pegou mais uma estrela na praia, jogou de volta ao oceano e olhou para o escritor.

Para essa aqui eu fiz a diferença”.

Autor desconhecido

O Senhor não nos chama para salvarmos o mundo todo, mas o mundo ao nosso redor, o mundo que podemos tocar e alcançar.

Uma vida! Apenas uma. Ele não nos pede o mundo.

Que tal salvar UMA vida ainda em 2013?

Lenara (Não Morda a Maçã)

Até os céus

Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém. 2 Pedro 3:18

Pedro, o apóstolo que negou a Jesus três vezes, mas também que chorou arrependido. O apóstolo que defendeu a Cristo quase arrancando fora a orelha de um soldado romano, mas também que o abandonou no momento de maior tristeza de Jesus, no aconselha, que procuremos crescer sempre mais e mais na graça e conhecimento de nosso Senhor Jesus.

Após reconhecermos que nada somos além de pecadores que precisam da graça de Jesus, nos arrependermos, confessarmos a Cristo como nosso Salvador e nos batizarmos, precisamos perseverar.

Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. Fp 3:13-14

O mergulho nas águas representa o novo nascimento. Deixamos de lado os prazeres antigos, todo o pecado que antes nos prendia, e vivemos uma nova vida, dada por Deus, mediante o agir do Espírito Santo de Deus, que agora habita em nós.

E a partir de então, começa a fase de crescimento. Louvável os seguidores de Cristo que tem o desejo de crescer, até chegar aos céus. Por que, temos consciência de que nunca conheceremos Deus por completo, e quando achamos que conhecemos o bastante, Ele vem e nos surpreende cada vez mais.

Imagem

Lemos uma passagem uma vez, e quando a lemos de novo, elas nos trás um novo aprendizado. Oramos ás vezes dois minutos, mas outras vezes meia hora. Jejuamos algumas horas, outras vezes um dia. Evangelizamos com os amigos, outras vezes sozinhos. Pregamos para uma pessoa, outras vezes para cinco. E quanto mais praticarmos todas essas coisas, tendemos apenas a crescer em todas elas, concordam?

Por isso é tão importante a prática! Não apenas por crescermos, mas por temos a necessidade de alimentar nosso Espírito com as coisas que vem do céu, que procedem de Deus.

Não podemos orar apenas uma vez por semana, ou ler a bíblia só aos domingos. Precisamos nos fortalecer de uma saudável comunhão com Deus todos os dias. Pois o Pai tem muito para nos ensinar. E assim seguir o conselho de Paulo á Timóteo, descrito em II Timóteo 2.2: E as coisas que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar a outros.

É necessário ter em nosso coração a busca incansável pelo crescimento espiritual, para assim podemos ficar maravilhados com a plenitude de Cristo, glorificar o Seu santo nome e passar isso para os nossos semelhantes.

Não seja conformado em saber um pouquinho de Deus, em ter melhorado em certa área de sua vida, pelo contrário, devemos ter mais e mais sede de conhecimento. Pois Deus é como um oceano, quanto mais fundo mergulhamos, mais temos para conhecer.

É apaixonado pelo pouco de Deus que conhece? Imagine se procurar conhecê-lo ainda mais!

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR. Oséias 6:3

Que possamos crescer a tal ponto que cheguemos até o céu. Esse é o louvável desejo que deve arder em todo coração que segue ao Senhor Jesus Cristo.

Com amor,

Débora.

Quatro Razões para Buscar a Deus Apaixonadamente

Imagem

1. Para conhecê-Lo

Primeiro, nós devemos seguir a Cristo firmemente para conhecê-Lo. Filipenses 3.7-8: “Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor“. Paulo seguia a Cristo firmemente, renunciando todas as coisas das quais as pessoas normalmente se gloriam; e ele fazia isso para que pudesse conhecê-Lo.

Por quê? Porque conhecer a Cristo é uma riqueza que ultrapassa tudo o mais. A evidência da conversão é se você de fato se tornou um hedonista cristão. Hedonistas cristãos sempre seguem firmemente em busca da riqueza suprema. Eles alegremente vendem tudo em troca do tesouro escondido e da pérola de grande valor (Mateus 13.44-45). Nós devemos seguir a Cristo firmemente, porque não fazê-lo significa que nós não desejamos conhecê-lo. E não desejar conhecer a Cristo é um insulto ao Seu valor e um sinal de letargia ou morte espiritual em nós. Mas quando você segue a Cristo firmemente, para conhecê-Lo, a recompensa é a sua alegria e a glória Dele.

2. Para confirmar a nossa justificação

Segundo, nós devemos seguir a Cristo firmemente para confirmar a nossa justificação. A justificação se refere ao maravilhoso ato de Deus no qual Ele perdoa todos os nossos pecados e imputa a nós a Sua própria justiça, através da nossa fé em Cristo. Filipenses 3.8-9: “por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé”.

Filipenses 3.9 é claro: a justiça que Paulo busca é baseada na fé. Mas ele a está buscando! Como um cristão, ele considera todas as coisas como perda para ter a sua justificação. A fé que justifica é uma fé que renuncia os valores terrenos e busca a Cristo. Se a justificação depende da fé, e se renunciar ao mundo por considerá-lo como lixo é necessário para ter os benefícios da justificação, então está claro: a fé salvadora não é meramente uma única decisão por Cristo, mas é uma preferência contínua por Cristo sobre todos os outros valores. A busca de Cristo é a evidência da fé genuína em Cristo como o nosso tesouro. Portanto, nós devemos seguir a Cristo firmemente para confirmar a nossa justificação.

3. Porque nós somos tão imperfeitos

Nós devemos seguir a Cristo firmemente porque nós somos tão imperfeitos. Filipenses 3.12: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo”. Nós devemos seguir a Cristo firmemente porque nós somos tão deficientes. Um estudante fraco deveria buscar um professor particular. Pessoas míopes deveriam buscar um oftalmologista. Pessoas com a garganta inflamada deveriam tomar antibióticos. Alcoólicos deveriam buscar um grupo de apoio. Jovens aprendizes deveriam seguir o seu mestre em seu trabalho.

Não seguir a Cristo firmemente significa ou que você não confia em Seu poder e disposição para mudar as suas imperfeições, ou que você deseja se apegar às suas imperfeições. Em ambos os casos, Cristo está sendo desprezado e nós estamos perdidos.

4. Porque Ele nos conquistou para Si

A última razão pela qual nós devemos seguir a Cristo firmemente é que Ele nos seguiu firmemente e, de fato, nos conquistou para Si pela fé. Filipenses 3.12 novamente: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus.” Essa sentença destrói a falsa lógica a qual afirma que, se Cristo nos encontrou, nós não mais precisamos buscá-Lo. Se Ele nos agarrou, nós não precisamos nos esforçar para agarrá-Lo.

Paulo argumenta exatamente o contrário: eu me esforço para ganhar a Cristo, porque Cristo já me ganhou. A conversão de Paulo não era como uma gaiola que o prendia, mas como uma catapulta que o lançava na busca da santidade. A graça irresistível de Cristo triunfando sobre a rebelião de Paulo e salvando-o do pecado não tornou Paulo passivo; ela o tornou poderoso!

Por John Piper © Desiring God. Website: desiringGod.org

Traduçãovoltemosaoevangelho.com