Essência da música cristã

Separei aqui 10 canções que eu, particularmente, as acho divinas. Alguns artistas provavelmente não muito conhecidos. Já que, lamentavelmente, o que faz sucesso hoje em dia são músicas antropocêntricas (homem no centro) e essas são totalmente o contrário, Cristocêntricas.

Agora, mergulhem nesses louvores.

1- A criação em Teu louvor – Samuel Mizrahy.

2- If We Are Are The Body (Se somos o Corpo) – Casting Crowns.

3- Tu és Santo – Pc Baruk.

4- Gratidão – Daniela Araujo.

5- Autor da minha vida – Sérgio Lopes.

6- Tua voz – Vineyard.

7- Ele vive – Leonardo Gonçalves.

8- Tu és Deus – Eduardo Mano.


9- Dependente – Jotta A.

10- Your love is everything – Jesus Culture.

Sem dúvidas, há mais louvores lindos como esses, dos próprios artistas. Que Deus os abençoe por usarem o dom que Ele lhes deu, para glorificar o Seu nome!

E amigos, procurem ouvir canções que os façam meditar, ao invés de pular. Glorificar a Deus, ao invés de a si mesmos. Canções que entrem no coração e não que fiquem apenas na mente.

Louvem a Deus, e a Ele somente!

Soli Deo Gloria!

Com amor,

Débora Amaro.

Anúncios

Dele e para Ele

Deus nos faz com suas próprias mãos, cada pequeno detalhe… somos sua criação. Somos imagem e semelhança daquele que nos criou. Magnífico. E como se não fosse o bastante, viemos ao mundo com habilidades que só nós temos.

Uns, cantam divinamente, outros pregam como Jesus, alguns importam-se com os outros como Deus o fez com nós. Alguns escrevem angelicalmente… são tantos dons. Todos vindos do mesmo Deus.

É estranho que Deus confie a nós, homens, pecadores e falhos, habilidades tão incríveis. E mais incrível é que, se formos parar pra pensar, somos todos capazes de exercer o que fomos chamados para fazer.

Nick Vujicic poderia facilmente desacreditar na beleza disso tudo. Você provavelmente o conhece. Ele nasceu sem as pernas e sem os braços. Como Deus poderia ter um chamado para alguém que, aparentemente – veja bem, eu disse aparentemente -, é tão inútil?

No começo ele chegou a questionar a Deus o porquê de nascer assim. Tantas outras crianças nascem bem,  e ele, sem os braços e as pernas? O que Deus queria com isso?

Nick poderia ter sido um depressivo. Fracassado. Suicida. Poderia ter desgosto pela vida, e ódio por Deus. Mas não o fez. Ele nasceu em lar cristão, evidentemente, desde criança aprendeu sobre Deus. E no decorrer de sua vida, quando ficou maior, e teria de tomar a decisão de segui-lO ou ignorá-lO, Nick aceitou a Cristo. Ele entendeu que, mesmo com suas dificuldades, ele era capaz. Deus o havia dado habilidades que poderiam ser executadas sem os membros que lhe faltavam. Nick deu glória a Deus com a sua vida e seu testemunho, conhecido por milhares de pessoas.

Se não o conhece, cá está esse nosso exemplo de confiança no Criador.

E com isso, eu pergunto a você: Que dificuldades tens colocado para não executar o chamado de Deus? Para não por em prática, dando assim honra e glória a Deus, os dons que do mesmo recebeu?

Tem usado para outros fins?! Vamos usar um pouco de lógica… Se recebemos uma habilidade de nosso Criador, devemos usar para Ele, correto? Agora, vamos abrir a palavra de Deus!

Em 1 Coríntios 12, verso 4 ao 6 diz: Ora, Deus nos dá diferentes tipos de dons, porém o Espírito Santo é a fonte de todos eles. Há diferentes espécies de serviço a Deus, porém é o mesmo Senhor que estamos servindo. Há muitos modos pelo qual Deus opera em nossas vidas, porém é o mesmo Deus quem faz a obra em nós e através de todos nós, os que lhe pertencemos.

Dei ênfase onde diz que há diferentes tipos de dons, formas de servir, mas que o fazemos por e para o mesmo Deus. Ou seja, TODOS temos dons. Mas chamados, propósitos, e formas de executá-los diferentes.

Continuando no verso 7: O Espírito Santo manifesta o poder de Deus através de cada um de nós visando o bem comum de toda a igreja.

Imagino isso, como presentando a igreja de Cristo com presentes que recebemos de Deus.

Dica-de-como-presentear

E isso é maravilhoso! Mostra gratidão em nossos corações. Então, amigos, o que estamos esperando para fazê-lo? Se sabes que tem um presente que vem do Pai, presentei-O, presentei os irmãos, e a Igreja com a edificação mediante a execução dos seus dons.

Não crie empecilhos, pois o Deus que o abençoou acredita em você!

Por que o dom é dEle, use para ELE. Como forma de agradecimento e reconhecimento de que somos apenas instrumentos nas mãos do verdadeiro Artista.

A Ele seja a glória!

Com amor,

Débora Amaro.