Escolha a quem desagradar

A vida cristã, na sua essência, consiste basicamente em uma escolha diária que define quem será o nosso senhor ou, em outras palavras, consiste em escolher a quem vamos agradar com o nosso viver, a nós ou ao Senhor. Isso significa que, como ordenou Josué no texto acima, existe um momento para se fazer essa escolha, e esse momento é hoje. Não existe um dia sequer, nenhum momento na nossa vida em que não precisamos escolher, e viver escolhendo a quem vamos agradar. Ao abrirmos os nossos olhos a cada manhã, essa é a primeira decisão a se tomar: Eu escolho agradar ao meu Senhor e não a mim mesmo, e preciso fazer essa escolha constantemente, a cada minuto de minha vida.

Imagem

Quando realmente fazemos essa escolha, devemos nos preparar para as provas do dia a dia, pois são nas pequenas coisas, que aparentemente não tem muita relevância, que somos provados. Porém, junto com as provas, virá a paz de estarmos carregando um fardo que não é pesado, mas sim leve: o fardo de Cristo. Todo aquele que escolhe viver para agradar a si mesmo, não vive em paz e sim escolhe carregar o duro fardo de estar fora dos propósitos de Deus para si, o que lhe tira a paz o e faz viver vazio. Então, o que precisa estar vivo nos nossos corações, é que eu não posso me agradar, vivendo uma vida baseada no que é melhor para mim, no que eu gosto de fazer, no que eu penso ser a melhor escolha. Para agradar a Deus, eu preciso ser desagradado, preciso perder, preciso renunciar a minha vida. Assim vamos aprendendo com Jesus, que é manso e humilde de coração.

O tempo é este. O dia é hoje. Quem será que você vai desagradar? A você ou a Jesus? Faça a escolha certa.

(Texto de Cristiano Brum)