Conversando com Deus

Uma das maiores (se não a maior) das dádivas de Deus é nos permitir buscá-lo, entrar na Sua gloriosa presença. Por meio da ORAÇÃO.

Quer agradar a Deus? Quer fazer Deus sorrir? Pois fale com Ele, ore a Ele em todo o tempo em espírito. Um cristão saudável é um cristão que ora, é um cristão que fala com Deus. 

Procuremos ter intimidade com Deus, e intimidade com Ele nós só encontramos com oração, com o ouvir e com o falar, com o conhecer e o se fazer voluntariamente conhecido.

Ouvir a Deus por intermédio das Escrituras, onde Ele fala aos nossos corações; e se fazer conhecido colocando diante dele toda a nossa intimidade, nossos medos, nossas tristezas, nossos agradecimentos, e tudo o que somos.

Filipenses 4.6: ”Não se preocupem com nada, mas em todas as orações peçam a Deus o que vocês precisam, e orem sempre com o coração agradecido.” [NTLH]

Little Girl Praying

Uma comparação bem interessante para a oração é o cordão umbilical, pois ele liga o filho a sua mãe, eles se comunicam através daquele cordão, por ele o feto diz ao organismo da mãe do que precisa. Na oração é mais ou menos assim, por ela estamos ligados ao nosso Pai, e através dela conseguimos os nutrientes que alimentam e fortalecem nosso corpo e espírito. Pela oração podemos pedir saúde física e espiritual, podemos pedir qualquer coisa, desde que seja da vontade de Deus.

Tiago 4.3: ”E, quando pedem, não recebem, por que os seus motivos são maus. Vocês pedem coisas a fim de usá-las para os seus próprios prazeres.” [NTLH]

Existem pessoas que na hora da dificuldade pegam o telefone e ligam para mãe ou o pai para pedir ajuda ou para agradecer um presente; a oração também funciona dessa forma, ela é a nossa linha direta com nosso Pai que está nos céu.

Por isso se você quer ter intimidade com Deus, fale com Ele em todo o tempo, abra o seu coração para Ele, coloque diante Dele todas as suas dificuldades, os seus problemas, as suas tristezas e os seus agradecimentos também. Pode ter certeza que Ele vai se agradar em te ouvir falar e estará sempre disposto e desejoso de lhe ajudar.

Creia nesse Deus todo poderoso e amoroso!

Anúncios

Preencha seu dia com a graça do Senhor

Imagem

Ontem você pisou na bola…

Falou o que não devia, pegou a rua errada, apaixonou-se pela pessoa errada, reagiu de forma inadequada. Falou quando deveria ter escutado, se apressou quando deveria ter esperado, julgou quando deveria ter confiado, entregou- se quando deveria ter resistido.
 
Ontem tudo deu errado. Mas você terá muitos outros dias como esse se deixar os erros de ontem afetarem sua atitude de hoje.
 
As misericórdias de Deus se renovam a cada manhã. Receba-as. Aprenda uma lição com a floresta Cascade do Estado de Washington. Algumas das árvores de lá têm mais de cem anos, ultrapassando a expectativa de vida de cinqüenta a sessenta anos. Uma árvore cheia de folhas, data de sete séculos atrás!
 
O que faz a diferença? Chuvas diárias e abundantes mantêm o chão úmido, as árvores molhadas e os relâmpagos fracos. Relâmpagos afetam você também. Trovões de lamentações podem paralisá-lo e consumi-lo.
 
Reaja a eles com chuvas da graça de Deus e com doses diárias de perdão. Uma vez por ano não basta. Uma vez por mês é insuficiente. Chuviscos só uma vez por semana deixam você seco. Nevoeiros esporádicos deixam-no sem energia. Você precisa se renovar todos os dias.
 
Graças ao grande amor do SENHOR é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade!” (Lamentações 3:22,23).
 
Livro: (Todo Dia é um Dia Especial) – Max Lucado (Blog Jackellayne Lima)
 
Deus quer jogar fora as cargas da nossa auto-suficiência, e no lugar, nos dá a paz da confiança na sua misericórdia. Faça essa troca. Dê a Ele o seu ”eu”, e receba no lugar um coração confiante no Senhor!
 
Com amor,
Débora Amaro. 

Qual é você?

Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram.
Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda.
Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz.
Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas.
Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um.
Aquele que tem ouvidos para ouvir, ouça! “
Mateus 13: 3-9

detalhe-de-mao-semeando-trigo-1308256270742_564x430

“Portanto, ouçam o que significa a parábola do semeador:
1- Quando alguém ouve a mensagem do Reino e não a entende, o Maligno vem e lhe arranca o que foi semeado em seu coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho.
2- Quanto ao que foi semeado em terreno pedregoso, este é aquele que ouve a palavra e logo a recebe com alegria.
Todavia, visto que não tem raiz em si mesmo, permanece por pouco tempo. Quando surge alguma tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo a abandona.
3- Quanto ao que foi semeado entre os espinhos, este é aquele que ouve a palavra, mas a preocupação desta vida e o engano das riquezas a sufocam, tornando-a infrutífera.
4- E, finalmente, o que foi semeado em boa terra: este é aquele que ouve a palavra e a entende, e dá uma colheita de cem, sessenta e trinta por um“.
Mateus 13: 18-23

E eu pergunto: Qual deles é você?

O Espírito em nós

Jesus foi para perto do Pai, mas não nos deixou sozinhos. Deixou conosco o Consolador, como descreve em João 14:16. Ao nos arrependermos de nossos pecados e sermos batizados, passamos a ser o lar de Cristo. Sim, o Salvador do universo habita em nós! (2 Coríntios 1.22)

Espirito-Santo-3

Quando nascemos da água e do Espírito, passamos a pertencer a família de Deus. Passamos a ser nova criatura. Eu realmente não sei o que seria de nós sem o Espírito Santo! Não conseguiríamos suportar as tentações, e mais, como entenderíamos a vontade de Deus? Pois a Bíblia diz que é o Espírito quem nos ensina: ”mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.” João 14:26. É só por meio do Espírito Santo que Deus fala conosco.

Sabe aquela voz que te diz ”Ei Filho, não é assim… isso é errado… eu te amo… Confie em mim…” não é seu subconsciente, é Deus. O Deus que habita em você. É Ele quem nos dá compreensão da Palavra de Deus. Sabe quando um versículo passa despercebido, mas quando você lê outra vez te vem como uma revelação de tudo o que precisava ouvir? Não é coincidência, é Deus falando com você!

Mas por que o Espírito Santo está dentro de nós? PARA NOS TRANSFORMAR! Muitos dizem: Eu não posso seguir a Cristo agora, deixe-me primeiro abandonar meus vícios e pecados. Oh Senhor, como estão enganados! Esse trabalho não é seu, meu querido, é do Espírito! Precisamos ter a convicção de que sem a misericórdia de Deus estaríamos perdidos, por que por conta própria não podemos fazer nada para nos mudar ou salvar. Só em Cristo, só tendo o Espírito Santo de Deus habitando em nós é que essa mudança acontece. E um dos frutos do Espírito é a humildade: Reconhecer, como Pedro o fez, que não podemos fazer nada sem a ajuda do Pai.

Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. João 6:68

Só quando deixamos de lado nosso ego, nosso eu, nossas vontades, é que o Espírito pode trabalhar. A Bíblia diz que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável, mas por que, tantas vezes, nós que somos criação queremos dizer ao Criador o que fazer? Que audácia dizer ao Dono do universo que seu trabalho está errado! Quanta ignorância achar que sabemos mais do que o próprio DEUS.

Ai daquele que contende com seu Criador, daquele que não passa de um caco entre os cacos no chão. Acaso o barro pode dizer ao oleiro: ‘O que você está fazendo?’ Será que a obra que você faz pode dizer: ‘Ele não tem mãos? ’ Isaías 45:9

Ai de nós! Loucos, insensatos, cheios de nós mesmos!

Se pararmos para reconhecer o tamanho da Graça… Uma graça que faz um Deus criador do universo, Santo, Rei dos reis, Senhor dos senhores habitar em pecadores. Em homens falhos, cegos, necessitados.

Tantas vezes vivemos como se nunca houvéssemos de prestar contas com o Criador no último dia… Esquecemos que ELE habita em nós e sabe TUDO o que pensamos, fazemos, falamos… Deus sabe todas as coisas. Não há nada que fique oculto aos seus olhos.

E uma verdade que não podemos nos esquecer: Nunca estaremos sozinhos. Pois Deus prometeu estar conosco todos os dias, até a consumação do séculos. [Mateus 28:20] O mesmo DEUS que criou o UNIVERSO e cada SER que nele habita, é o mesmo que VIVE dentro de nós!

Glórias sejam dadas a Ele!

Indiferença

Era uma vez um escritor que morava em uma tranquila praia, junto de uma colônia de pescadores. Todas as manhãs ele caminhava à beira do mar para se inspirar, e à tarde ficava em casa escrevendo. Certo dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Ao chegar perto, ele reparou que se tratava de um jovem que recolhia estrelas-do-mar da areia para, uma por uma, jogá-las novamente de volta ao oceano.

Imagem

Por que está fazendo isso?”- perguntou o escritor.

“Você não vê!? –explicou o jovem– A maré está baixa e o sol está brilhando. Elas irão secar e morrer se ficarem aqui na areia”.

O escritor espantou-se.

“Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo afora, e centenas de milhares de estrelas-do-mar espalhadas pela praia. Que diferença faz? Você joga umas poucas de volta ao oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma”.

O jovem pegou mais uma estrela na praia, jogou de volta ao oceano e olhou para o escritor.

Para essa aqui eu fiz a diferença”.

Autor desconhecido

O Senhor não nos chama para salvarmos o mundo todo, mas o mundo ao nosso redor, o mundo que podemos tocar e alcançar.

Uma vida! Apenas uma. Ele não nos pede o mundo.

Que tal salvar UMA vida ainda em 2013?

Lenara (Não Morda a Maçã)

Quatro Razões para Buscar a Deus Apaixonadamente

Imagem

1. Para conhecê-Lo

Primeiro, nós devemos seguir a Cristo firmemente para conhecê-Lo. Filipenses 3.7-8: “Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor“. Paulo seguia a Cristo firmemente, renunciando todas as coisas das quais as pessoas normalmente se gloriam; e ele fazia isso para que pudesse conhecê-Lo.

Por quê? Porque conhecer a Cristo é uma riqueza que ultrapassa tudo o mais. A evidência da conversão é se você de fato se tornou um hedonista cristão. Hedonistas cristãos sempre seguem firmemente em busca da riqueza suprema. Eles alegremente vendem tudo em troca do tesouro escondido e da pérola de grande valor (Mateus 13.44-45). Nós devemos seguir a Cristo firmemente, porque não fazê-lo significa que nós não desejamos conhecê-lo. E não desejar conhecer a Cristo é um insulto ao Seu valor e um sinal de letargia ou morte espiritual em nós. Mas quando você segue a Cristo firmemente, para conhecê-Lo, a recompensa é a sua alegria e a glória Dele.

2. Para confirmar a nossa justificação

Segundo, nós devemos seguir a Cristo firmemente para confirmar a nossa justificação. A justificação se refere ao maravilhoso ato de Deus no qual Ele perdoa todos os nossos pecados e imputa a nós a Sua própria justiça, através da nossa fé em Cristo. Filipenses 3.8-9: “por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé”.

Filipenses 3.9 é claro: a justiça que Paulo busca é baseada na fé. Mas ele a está buscando! Como um cristão, ele considera todas as coisas como perda para ter a sua justificação. A fé que justifica é uma fé que renuncia os valores terrenos e busca a Cristo. Se a justificação depende da fé, e se renunciar ao mundo por considerá-lo como lixo é necessário para ter os benefícios da justificação, então está claro: a fé salvadora não é meramente uma única decisão por Cristo, mas é uma preferência contínua por Cristo sobre todos os outros valores. A busca de Cristo é a evidência da fé genuína em Cristo como o nosso tesouro. Portanto, nós devemos seguir a Cristo firmemente para confirmar a nossa justificação.

3. Porque nós somos tão imperfeitos

Nós devemos seguir a Cristo firmemente porque nós somos tão imperfeitos. Filipenses 3.12: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo”. Nós devemos seguir a Cristo firmemente porque nós somos tão deficientes. Um estudante fraco deveria buscar um professor particular. Pessoas míopes deveriam buscar um oftalmologista. Pessoas com a garganta inflamada deveriam tomar antibióticos. Alcoólicos deveriam buscar um grupo de apoio. Jovens aprendizes deveriam seguir o seu mestre em seu trabalho.

Não seguir a Cristo firmemente significa ou que você não confia em Seu poder e disposição para mudar as suas imperfeições, ou que você deseja se apegar às suas imperfeições. Em ambos os casos, Cristo está sendo desprezado e nós estamos perdidos.

4. Porque Ele nos conquistou para Si

A última razão pela qual nós devemos seguir a Cristo firmemente é que Ele nos seguiu firmemente e, de fato, nos conquistou para Si pela fé. Filipenses 3.12 novamente: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus.” Essa sentença destrói a falsa lógica a qual afirma que, se Cristo nos encontrou, nós não mais precisamos buscá-Lo. Se Ele nos agarrou, nós não precisamos nos esforçar para agarrá-Lo.

Paulo argumenta exatamente o contrário: eu me esforço para ganhar a Cristo, porque Cristo já me ganhou. A conversão de Paulo não era como uma gaiola que o prendia, mas como uma catapulta que o lançava na busca da santidade. A graça irresistível de Cristo triunfando sobre a rebelião de Paulo e salvando-o do pecado não tornou Paulo passivo; ela o tornou poderoso!

Por John Piper © Desiring God. Website: desiringGod.org

Traduçãovoltemosaoevangelho.com

 

Sempre confiante

Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia nas suas próprias forças, e na capacidade humana, afastando seu coração do SENHOR.
Ele será como uma pequena árvore seca no meio do deserto. A sua vida será como o deserto de Judá, seco e salgado, uma terra onde ninguém é capaz de viver. A verdadeira felicidade passa muito longe dele!
Mas o homem que confia no Senhor, que colocou no Senhor toda a sua esperança, esse sim é muito feliz! A sua vida é cheia de bençãos.
Jeremias 17:5-7

Imagem

Confiar em Deus está também ligado a fazer a sua vontade, acreditar que, ela é boa, perfeita, e agradável, e mesmo que não seja a nossa vontade, cumpri-la acima de tudo.

E Jeremias, profeta de Deus, agiu assim. Deus mandou ele avisar ao povo que iria castigá-lo pelos seus pecados, e eles zombavam dele. Perguntavam: ”Como é, Jeremias? Onde estão as ameaças que você anda fazendo em nome do Senhor? Quando elas vão ser cumpridas?” (17,v.15) E ele disse: ”SENHOR, eu não desobedeci ás suas ordens e me tornei profeta; (…) o Senhor é a minha única esperança na desgraça (v.16-17)

Confiar em Deus é deixar que Ele faça a sua vontade na nossa vida. E o versículo 8, do capítulo 17, continua: ”Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto.” Está dizendo que quando confiamos nEle de fato, podem vir até as tribulações, mas permaneceremos firmes, pois sabemos que os seus propósitos estão se cumprindo. Sejam eles bons ou não – segundo os nossos olhos -, são da sua vontade, e isso é o que importa.

Confiar no Pai é mesmo na doença, na dor da perda, na queda, nas dificuldades, olhar pro céu e saber que um Deus maior que tudo isso cuida de nós, e tem domínio sobre tudo, tanto na terra como nos céus.

Não, eu sei que não é fácil confiar em Deus, muitas vezes, – não por que Ele seja falho ou nos decepcione -, mas por que nossa fé é pequena…

Mas o SENHOR nos convida a dar a mão a Ele, a assinar e deixar que Ele escreva o que quiser, e que como Jeremias, confiemos nEle e façamos a sua vontade.

Ele não disse que seria fácil, mas sim que era necessário para que cresçamos na sua vontade, e aprendamos a confiar mais e mais no seu querer.