Escolha a quem desagradar

A vida cristã, na sua essência, consiste basicamente em uma escolha diária que define quem será o nosso senhor ou, em outras palavras, consiste em escolher a quem vamos agradar com o nosso viver, a nós ou ao Senhor. Isso significa que, como ordenou Josué no texto acima, existe um momento para se fazer essa escolha, e esse momento é hoje. Não existe um dia sequer, nenhum momento na nossa vida em que não precisamos escolher, e viver escolhendo a quem vamos agradar. Ao abrirmos os nossos olhos a cada manhã, essa é a primeira decisão a se tomar: Eu escolho agradar ao meu Senhor e não a mim mesmo, e preciso fazer essa escolha constantemente, a cada minuto de minha vida.

Imagem

Quando realmente fazemos essa escolha, devemos nos preparar para as provas do dia a dia, pois são nas pequenas coisas, que aparentemente não tem muita relevância, que somos provados. Porém, junto com as provas, virá a paz de estarmos carregando um fardo que não é pesado, mas sim leve: o fardo de Cristo. Todo aquele que escolhe viver para agradar a si mesmo, não vive em paz e sim escolhe carregar o duro fardo de estar fora dos propósitos de Deus para si, o que lhe tira a paz o e faz viver vazio. Então, o que precisa estar vivo nos nossos corações, é que eu não posso me agradar, vivendo uma vida baseada no que é melhor para mim, no que eu gosto de fazer, no que eu penso ser a melhor escolha. Para agradar a Deus, eu preciso ser desagradado, preciso perder, preciso renunciar a minha vida. Assim vamos aprendendo com Jesus, que é manso e humilde de coração.

O tempo é este. O dia é hoje. Quem será que você vai desagradar? A você ou a Jesus? Faça a escolha certa.

(Texto de Cristiano Brum)

Até os céus

Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém. 2 Pedro 3:18

Pedro, o apóstolo que negou a Jesus três vezes, mas também que chorou arrependido. O apóstolo que defendeu a Cristo quase arrancando fora a orelha de um soldado romano, mas também que o abandonou no momento de maior tristeza de Jesus, no aconselha, que procuremos crescer sempre mais e mais na graça e conhecimento de nosso Senhor Jesus.

Após reconhecermos que nada somos além de pecadores que precisam da graça de Jesus, nos arrependermos, confessarmos a Cristo como nosso Salvador e nos batizarmos, precisamos perseverar.

Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. Fp 3:13-14

O mergulho nas águas representa o novo nascimento. Deixamos de lado os prazeres antigos, todo o pecado que antes nos prendia, e vivemos uma nova vida, dada por Deus, mediante o agir do Espírito Santo de Deus, que agora habita em nós.

E a partir de então, começa a fase de crescimento. Louvável os seguidores de Cristo que tem o desejo de crescer, até chegar aos céus. Por que, temos consciência de que nunca conheceremos Deus por completo, e quando achamos que conhecemos o bastante, Ele vem e nos surpreende cada vez mais.

Imagem

Lemos uma passagem uma vez, e quando a lemos de novo, elas nos trás um novo aprendizado. Oramos ás vezes dois minutos, mas outras vezes meia hora. Jejuamos algumas horas, outras vezes um dia. Evangelizamos com os amigos, outras vezes sozinhos. Pregamos para uma pessoa, outras vezes para cinco. E quanto mais praticarmos todas essas coisas, tendemos apenas a crescer em todas elas, concordam?

Por isso é tão importante a prática! Não apenas por crescermos, mas por temos a necessidade de alimentar nosso Espírito com as coisas que vem do céu, que procedem de Deus.

Não podemos orar apenas uma vez por semana, ou ler a bíblia só aos domingos. Precisamos nos fortalecer de uma saudável comunhão com Deus todos os dias. Pois o Pai tem muito para nos ensinar. E assim seguir o conselho de Paulo á Timóteo, descrito em II Timóteo 2.2: E as coisas que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar a outros.

É necessário ter em nosso coração a busca incansável pelo crescimento espiritual, para assim podemos ficar maravilhados com a plenitude de Cristo, glorificar o Seu santo nome e passar isso para os nossos semelhantes.

Não seja conformado em saber um pouquinho de Deus, em ter melhorado em certa área de sua vida, pelo contrário, devemos ter mais e mais sede de conhecimento. Pois Deus é como um oceano, quanto mais fundo mergulhamos, mais temos para conhecer.

É apaixonado pelo pouco de Deus que conhece? Imagine se procurar conhecê-lo ainda mais!

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR. Oséias 6:3

Que possamos crescer a tal ponto que cheguemos até o céu. Esse é o louvável desejo que deve arder em todo coração que segue ao Senhor Jesus Cristo.

Com amor,

Débora.

E o bem e o mal são para o bem.

”Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus; que são chamados segundo Seu propósito.” Romanos 8:28

A visão que eu sempre tive desse versículo era de que, se tivéssemos planos que fossem segundo a vontade de Deus, tudo cooperaria para o bem e realização. E pode até ser isso que Deus quer nos dizer, mas na minha devocional de hoje, O Espírito Santo me concedeu outra.

De que tudo, tudo, tudo,tudo – bem, mal, saúde, doença, tribulação, realização, felicidade, tristeza, perdas, conquistas… -, são necessárias para o nosso bem.

Sabemos que Deus tem o domínio sobre tudo nessa vida.  E tudo quanto nos acontece, quer seja bom ou não, faz parte do propósito que Ele tem para nós. Todas as circunstâncias estão aí, para moldar nosso caráter e nos fazer, – segundo a vontade de Deus -, mais parecido com nosso Salvador.

Imagem

Ou seja, até nos momentos mais ruins da nossa vida, há um propósito de Deus. É Deus trabalhando. É Deus nos cuidando. E, Ele não está preocupado com nosso conforto, mas sim com o nosso bem, e crescimento espiritual.

Entendendo isso, podemos fazer como Jó, que mesmo diante de tamanha tribulação, não deixou de louvar a Deus. ”O Senhor deu, o Senhor o tirou. Bendito seja o nome do Senhor”. Jó 1:21.

Soli Deo Gloria!

O meu melhor é para Deus ou para mim?

ImagemQuando falamos do nosso melhor, é claro que sempre queremos viver bem, ter tudo que sempre sonhamos, poder fazer aquilo que sempre agrada nosso bem estar, mas será que isso é o que Deus quer? Podemos dizer que sim, Ele quer o nosso melhor, Ele quer nos ver bem felizes, mas para que isso aconteça precisamos fazer as coisas certas. Como podemos fazer isso?

Lendo a Bíblia, vendo nas Escrituras o que é de fato necessário em nossas vidas. Devemos buscar na Palavra respostas para as nossas duvidas. Sabe, ultimamente ouço falar das pessoas que: ”ah Deus quer o meu melhor, então eu posso fazer o que for preciso para eu conseguir o que eu quero.” Será que é assim? Creio que não, pois muitas vezes temos que fugir do nosso conforto para fazer o que é certo. Então é aí que vejo que nosso melhor não está só em ter tudo de bom, mas também está na felicidade dos outros. Sei que nós desejamos nosso melhor, afinal quem não quer o melhor para si mesmo? mas todo cuidado nessas escolhas é sempre bom, para que assim a gente possa viver bem. Sabe, nossas ações podem nos ajudar em produzir o melhor para nosso futuro. Acredito que se fizermos tudo conforme o que Deus pede, e fizermos as coisas certas, teremos um futuro brilhante e conseguiremos o tão desejado “melhor para nossa vida”. Uma coisa posso dizer: fazer a vontade de nosso Pai não é fácil, mas o que Ele nos reserva para o futuro, isso sim é muito melhor do podemos imaginar e querer. Para finalizar quero dizer uma coisa sobre um certo garoto que fazendo a vontade de Deus, conseguiu o seu melhor e quem sabe, a sua alma gêmea. Um certo garoto queria muito poder namorar, sempre disse que fazia as coisas certas, que era um cara bom, bacana e que sempre respeitava as meninas, mas ele nunca quis esperar e sempre agiu por vontade própria. Então por pressão de sua irmã e primos ficou com uma garota, se arrependeu e caiu fora, então se passou uns dois meses, achou que dessa vez estava preparado e pronto, então cometeu o mesmo erro ficou com outra menina e dessa vez ele até passou mais tempo com ela, mas viu que estava errado e terminou o caso. Mas um fato muito importante é que antes de ele ter ficado com essas duas meninas, ele sentia algo por uma outra menina, mas ele não deu muita importância, então ele procurou o erro e viu que o erro estava em seu relacionamento com Deus, então fez o que a Palavra dizia e começou a orar pelo sentimento antigo que não deu muita importância. Então Deus começou a lhe abençoar, e ele vendo isso não quis pular etapas e respeitou o seu tempo, o tempo da menina e o tempo de Deus. Vocês já podem imaginar o resto da historia, mas para finalizar eu digo: Essa é uma historia real e aconteceu a pouco tempo. Então galera, o seu melhor não está com você, está nas mãos de Deus, no seu agir, na sua forma de viver e acima de tudo: no seu caráter. Reconheça que está errado e busque o que Deus tem lhe reservado.

 Imagem Kaká.