Inimigos do Espírito

Quando nós aceitamos a Cristo como Senhor e Salvador, recebemos o Espírito Santo e a partir desse momento, temos que escolher entre alimentar a carne ou o Espírito, viver pela vontade de Deus ou a nossa.

Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Gálatas 5:16-17

Image

Há três inimigos que ”ganhamos” ao decidir começar uma caminhada com Cristo:

1- Mundo: Agora não pertencemos mais a ele, então, é difícil conviver em um ambiente sem seguir o seu sistema. Ele nos convidará com seus prazeres momentâneos diversas vezes. E como luz não se mistura com trevas, devemos viver no mundo mas definitivamente não agir como ele. Que sejamos lamparinas nesse mundo de escuridão!

2- Diabo: Antes éramos seus, servíamos a ele e fazíamos a sua vontade, mas agora que pertencemos a Cristo, ele fará de tudo para nos ter de volta. E quando oramos, lemos e praticamos a palavra de Deus e nos consagramos, ele pira!

3- Carne: Temos que lutar contra ela, ou melhor, contra nós mesmos todos os dias. A carne só quer de nós o que nos afasta de Deus, o que nos contamina.

Se queremos andar em santidade, devemos buscar fazer a vontade de Deus e não a nossa. E se fizermos isso, estaremos caminhando cada vez mais perto de Deus e produzindo os frutos que só o Espírito Santo é capaz de nos conceder. E são eles: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Gálatas 5:22

Mas, se recusamos o Espírito, tudo o que iremos produzir é: adultério, fornicação, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias… E quem comete essas coisas não herdará o Reino de Deus. Gálatas 5:19-21

E para terminar, também em Gálatas, deixo essa palavra:

E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.
Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Gálatas 5:24-25

Com amor,

Débora Amaro e Juliana Rocha.

Um nome chamado Santo

Na antiguidade existia o costume de os nomes das pessoas serem dados por um significado. Quando nascia alguém, seus pais lhe davam um nome representava algo.

Esses mesmos nomes poderiam ser mudados ao longo da vida da pessoa e essas mudanças eram algo até comum, elas representavam simbolicamente o começo de uma época, representavam uma mudança de propósito na vida daquela pessoa. Enfim, quando algo realmente significativo acontecia na vida dela.

Entre as mudanças de nome mais conhecidas que vemos na bíblia está a de Abraão, que anteriormente chamava-se Abrão. O nome Abrão significa “pai enaltecido”, é um belo significado, sem dúvida os pais de Abrão deram um nome ao seu filho com um bonito significado, mas o propósito de Deus para Abrão era muito maior, e Deus mudou o nome de Abrão para Abraão, que significa “pai de numerosas nações”.

Deus mudou os caminhos da vida de Abraão, Deus fez de um“pai enaltecido” um “pai de numerosas nações”.

E você? Como se chama?

sua nova identidade RG do céu (1)

Quando conhecemos a Cristo, quando confessamos os nossos pecados e nos arrependemos deles, quando decidimos viver para Cristo, mudar uma vida de desobediência por uma vida de obediência ao Senhor, mudar uma vida de desonra por uma vida que honra ao Senhor, mudar uma vida de pecado por uma vida de santidade, quando o nosso propósito de vida muda, também recebemos um novo nome. Não um nome que aparece na nossa cédula de identidade, não um nome que está cadastrado na receita federal pelo CPF, mas um nome que está gravado dentro de nós, um nome chamado “santo”.

1 Pedro 1.16  “Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.”

Seguir a Jesus é o maior divisor de águas na vida alguém, pois representa uma mudança completa, uma mudança de propósito de vida, de atitudes, de coração e de destino eterno.

O batismo representa bem esse marco, quando imergimos nessas águas estamos sepultando a velha criatura e todas as suas concupiscências, e ao emergirmos uma nova criatura ali se apresenta para uma nova vida, uma vida dedicada a Cristo, uma vida de discípulo de Jesus, para ser chamado de “santo”, assim como Ele é.

Se você já entregou sua vida a Jesus, que Ele te ajude a ter uma vida de santidade e obediência a Sua Palavra, que possa honrar esse novo nome que Ele te deu.

Se ainda não entregou sua vida a Jesus, saiba que Ele tem um propósito para ela, que Ele tem um novo nome para você, um nome chamado “santo”.

 Que o Senhor te abençoe!