Jesus não iria nas manifestações

Imagem

A pergunta que não quer se calar para os seguidores de Jesus Cristo: Jesus iria para as manifestações que estão acontecendo nos últimos dias no Brasil?

Fui lá perguntar para Ele:

Eu – Oi mestre, tudo bem?

Jesus – Mais ou menos, Marcos, o Brasil muito antes das manifestações estava me deixando muito triste.

Eu – Por que dessa tristeza?

Jesus – Por vários motivos, tenho visto vários erros que já tinha falado para evitar como nação, mas que foram ignorados.

Eu – Dê alguns exemplos mestre.

Jesus – São vários. A injustiça aos desamparados que Isaías já tinha denunciado para Judá, um discurso desconexo com a prática, que meu irmão Tiago já tinha falado para tomar cuidado, a corrupção generalizada que o boiadeiro Amós profetizou, a promiscuidade do povo que Oseias sofreu na própria pele, para o Brasil entender com clareza, o desprezo com o menor que eu mesmo falei pra nunca deixar acontecer, pois seria melhor amarrar uma pedra no pescoço e ser jogado ao mar.

Eu – E o que podemos fazer para mudar essa realidade?

Jesus – Primeiro, sonde a própria vida para ver se lá dentro há corrupção, idolatria e se o sentimento de levar vantagem a qualquer custo já não tomou conta da sua alma e já está nos seus pequenos atos. Pois, se você não consegue ser justo no pouco, é só questão de circunstancia para ser parte desse sistema corrupto.

Eu – E se fizermos isso, fazemos o que depois?

Jesus – Lute contra a injustiça, não se cale, fale por aqueles que não tem voz, faça isso na internet, na escola, na igreja e nas ruas. Mas faça sempre em amor, nunca use a violência, nunca!

Eu – Então o Senhor iria para as ruas protestar.

Jesus – Não, eu não iria nas manifestações!

Eu – Mas por quê?

Jesus – Ah meu jovem, eu vou subir o morro para amparar aqueles que não tem consciência nem para entender o que está acontecendo, vou encorajar o policial novato que está apavorado, mas que foi escalado para estar em um ponto crítico dos protestos. Vou ao hospital acudir a menina que tomou um tiro de bala de borracha no olho de um policial inconsequente. Eu vou ficar consolando a sua mãe, que vai ficar orando pela insegurança de um filho que saiu pra protestar sem ter certeza que vai voltar. Não vou pra manifestação para você poder ir!

Fonte: http://ultimato.com.br (Marcos Botelho)

Quatro Razões para Buscar a Deus Apaixonadamente

Imagem

1. Para conhecê-Lo

Primeiro, nós devemos seguir a Cristo firmemente para conhecê-Lo. Filipenses 3.7-8: “Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor“. Paulo seguia a Cristo firmemente, renunciando todas as coisas das quais as pessoas normalmente se gloriam; e ele fazia isso para que pudesse conhecê-Lo.

Por quê? Porque conhecer a Cristo é uma riqueza que ultrapassa tudo o mais. A evidência da conversão é se você de fato se tornou um hedonista cristão. Hedonistas cristãos sempre seguem firmemente em busca da riqueza suprema. Eles alegremente vendem tudo em troca do tesouro escondido e da pérola de grande valor (Mateus 13.44-45). Nós devemos seguir a Cristo firmemente, porque não fazê-lo significa que nós não desejamos conhecê-lo. E não desejar conhecer a Cristo é um insulto ao Seu valor e um sinal de letargia ou morte espiritual em nós. Mas quando você segue a Cristo firmemente, para conhecê-Lo, a recompensa é a sua alegria e a glória Dele.

2. Para confirmar a nossa justificação

Segundo, nós devemos seguir a Cristo firmemente para confirmar a nossa justificação. A justificação se refere ao maravilhoso ato de Deus no qual Ele perdoa todos os nossos pecados e imputa a nós a Sua própria justiça, através da nossa fé em Cristo. Filipenses 3.8-9: “por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé”.

Filipenses 3.9 é claro: a justiça que Paulo busca é baseada na fé. Mas ele a está buscando! Como um cristão, ele considera todas as coisas como perda para ter a sua justificação. A fé que justifica é uma fé que renuncia os valores terrenos e busca a Cristo. Se a justificação depende da fé, e se renunciar ao mundo por considerá-lo como lixo é necessário para ter os benefícios da justificação, então está claro: a fé salvadora não é meramente uma única decisão por Cristo, mas é uma preferência contínua por Cristo sobre todos os outros valores. A busca de Cristo é a evidência da fé genuína em Cristo como o nosso tesouro. Portanto, nós devemos seguir a Cristo firmemente para confirmar a nossa justificação.

3. Porque nós somos tão imperfeitos

Nós devemos seguir a Cristo firmemente porque nós somos tão imperfeitos. Filipenses 3.12: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo”. Nós devemos seguir a Cristo firmemente porque nós somos tão deficientes. Um estudante fraco deveria buscar um professor particular. Pessoas míopes deveriam buscar um oftalmologista. Pessoas com a garganta inflamada deveriam tomar antibióticos. Alcoólicos deveriam buscar um grupo de apoio. Jovens aprendizes deveriam seguir o seu mestre em seu trabalho.

Não seguir a Cristo firmemente significa ou que você não confia em Seu poder e disposição para mudar as suas imperfeições, ou que você deseja se apegar às suas imperfeições. Em ambos os casos, Cristo está sendo desprezado e nós estamos perdidos.

4. Porque Ele nos conquistou para Si

A última razão pela qual nós devemos seguir a Cristo firmemente é que Ele nos seguiu firmemente e, de fato, nos conquistou para Si pela fé. Filipenses 3.12 novamente: “Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus.” Essa sentença destrói a falsa lógica a qual afirma que, se Cristo nos encontrou, nós não mais precisamos buscá-Lo. Se Ele nos agarrou, nós não precisamos nos esforçar para agarrá-Lo.

Paulo argumenta exatamente o contrário: eu me esforço para ganhar a Cristo, porque Cristo já me ganhou. A conversão de Paulo não era como uma gaiola que o prendia, mas como uma catapulta que o lançava na busca da santidade. A graça irresistível de Cristo triunfando sobre a rebelião de Paulo e salvando-o do pecado não tornou Paulo passivo; ela o tornou poderoso!

Por John Piper © Desiring God. Website: desiringGod.org

Traduçãovoltemosaoevangelho.com

 

Fortalecendo a oração.

ImagemAntes de ler esse post, te faço um convite: Ore. Por favor, irmão(ã), ore.

O que tenho para compartilhar com vocês, é que logo que me converti eu tinha uma dificuldade muito grande quando o assunto era oração. Até lia alguns livros pra me ajudar, pedia para que orassem por mim… enfim, a oração definitivamente não era o meu melhor. Há algumas semanas comecei uma listinha de oração chamada Pray Girl e Pray Boy, para amigos cristãos e não convertidos. Tenho orado por todos, e por um (4, no caso) em especial, todos os dias. E vendo a transformação na vida de algumas pessoas, ouvindo elas me dizerem que fui usada por Deus, isso tem me fortalecido. Também há algum tempo eu estava desanimada, pedindo a Deus a resposta de por que Ele não me usava. E ultimamente Deus tem me usado grandemente, e espero do fundo do meu coração, que o Senhor seja exaltado na minha vida.

Não sei como anda a vida de oração de vocês, mas o que Deus tem me ensinado nesses últimos dias, é que maior que nossos planos, que nossa fé, e que tudo nesse mundo, é o Deus ao qual servimos. O Deus que mesmo com a nossa fé sendo do tamanho de um grão de mostarda, Ele pode fazer grandes obras por meio de uma sincera oração

Aprendi que, orar pelas pessoas, de certa forma nos une a elas. Seja fisicamente  ou espiritualmente. Há uma união. E graças a Deus, eu tenho provado disso, e usufruído. Pois várias pessoas pelo qual tenho orado, vejo-as mais próximas de mim. Aprendi a amar pessoas difíceis de serem amadas, e outras, estou caminhando para isso

Nada é mais gratificante do que ver o fruto das tuas orações na vida de quem você quer bem. A forma como Deus trabalha nos corações delas, e também nos nossos, é maravilhoso. Deus nos ensina a amar, nos ensina a ser como Ele. Pois estar bem em oração, é o primeiro passo para uma comunhão saudável com Deus

Estou no ápice da minha vida de oração, e quero que seja sempre assim. Deus é maravilhoso! Você pode estar dizendo para si mesmo: ”mas eu não sei orar”, ou ”como eu aprendo a orar?”, é simples: Orando. Aprender a orar não é abrir a boca e dizer as palavras mais bonitas do mundo, é abrir o coração, e deixar que Deus o sonde. É orar com fé, com amor. Imagine-se estando frente a frente com Deus, pois na oração, você realmente está. Fale para Ele tudo o que você falaria/falará, quando o Grande Dia chegar. Agradeça, reconheça, peça, compartilhe. Faça também a sua Pray Girl, e Pray Boy. Separe alguns minutos no dia para orar por uma causa, propósito, listinha… dedique-se a isso. Eu te garanto que vale a pena perseverar em oração.

A oração feita com amor e dedicação, traz resultados incríveis!  

  • Orai sem cessar. 1 Ts 5:17
  • E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão. Mt 21:22
  • Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos. Ef 6:18
  • Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões. 1 Tm 2:8.
  • E, quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem. Mt 6:7-8.
  • Peçam, e será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta será aberta. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. Mt 7:7-8.
  • E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho. O que vocês pedirem em meu nome, eu farei. Jo 14:13-14.
  • O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus. Fp 4:19.
  • Assim, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade. Hb 4:16.

Toda a palavra de Deus é um convite a oração, basta você aceitar. Basta você buscar. 

Simplesmente, ore. Abra seu coração para Deus. A Bíblia diz que mesmo antes de abrimos a boca, Ele já sabe o que queremos dizer. Mas Ele quer ouvir de nós. Deus é todo ouvido para nós. Deus pode fazer grandes obras, por meio da nossa oração

E também por meio da oração, crescemos no relacionamento com Deus e podemos levar outras pessoas a terem um relacionamento com Ele. Cara, vale a pena demais orar pelos outros! Vale a pena demais insistir em oração! Deus faz tudo valer a pena, por simplesmente ser quem Ele é. Fiquem na Paz!

Imagem Débora Amaro.