Agora eu sei como é, Deus…

Fiquei um booom tempo parada, mas tô de volta fazendo o que eu tanto AMO: Escrever. Esvaziar a alma!

[Em nenhum momento a intenção do texto é nos comparar á Deus]

Quando a gente decide cuidar de alguém/investir em alguém, a gente meio que passa a entender um pouco como Deus se sente cuidando da gente.

”Pois o Senhor corrige á quem Ele ama, e castiga quem Ele aceita como filho.” Hebreus 12:6

Quantas e quantas vezes Deus não olha para nós e diz: ”Filho, não é desse jeito! Olha, é assim… Isso aqui que é o melhor pra você!”. E o que a gente faz? Dá as costas e faz do nosso jeito! Não sei se Deus reage como nós humanos reagimos, mas particularmente, quando eu quero o bem de alguém, aconselho e a pessoa não tchuiu pro que eu falei, dói. Dói por que a gente sabe o que é o melhor (a vontade de Deus), e sabemos que aquilo que ela quer fazer não será bom para ela. Mas, assim como Deus, precisamos deixar que a pessoa aprenda, seja quebrando a cara ou dando ouvidos a nós.

Nós, com nossa visão humana e limitada das coisas, muitas vezes desanimamos, choramos, e até chegamos a pensar ”Será que vale mesmo a pena?”. Mas aí, nessas horas, Deus fala: ”Filho, se Eu não desisti de você, siga o meu exemplo. Se Eu tive paciência, faça o mesmo. E se Eu te ensinei o que é Amor, pratique”.

”Quem ama é paciente e bondoso (…) Não é grosseiro, nem egoísta… Não guarda mágoas. Quem ama não fica alegre quando alguém faz o que é errado, mas se alegra quando faz o que é certo.” E o mais importante: ”Quem ama NUNCA desiste! Porém suporta tudo com fé, esperança e paciência. O AMOR é ETERNO.” [I Coríntios 13:4-8]

Imagem

Quando nós decidimos cuidar de alguém, seja como amigos, netos, pais na fé, namorados… o que for, precisamos lembrar dessas coisas!

E passar por coisas assim nos trás, sem dúvidas, preciosos ensinamentos. Pois agora, sabendo limitadamente como Deus se sente, buscaremos fazer mais a Sua vontade, dar mais de nós para fazê-lo feliz (Feliz conosco. Não que Sua felicidade dependa de nós), e entristecê-lo menos.

”A minha vontade é boa, perfeita e agradável”, Ele diz. [Romanos 12:2]

Ainda iremos cair muito, mas Deus diz: ”Eu nunca os deixarei, nunca jamais os abandonarei.” [Hebreus 13:5] Precisamos ser capazes de dizer isso aos outros também.

E o mais importante: PERSEVERAR! Por que? ”Pois aquele que começou a boa obra, irá terminá-la, até a vinda de Cristo Jesus”. [Filipenses 1:6]

E não esqueçam: No Pain, No Gain. hahaha

Com amor,

Débora Amaro.

Anúncios

Essência da música cristã

Separei aqui 10 canções que eu, particularmente, as acho divinas. Alguns artistas provavelmente não muito conhecidos. Já que, lamentavelmente, o que faz sucesso hoje em dia são músicas antropocêntricas (homem no centro) e essas são totalmente o contrário, Cristocêntricas.

Agora, mergulhem nesses louvores.

1- A criação em Teu louvor – Samuel Mizrahy.

2- If We Are Are The Body (Se somos o Corpo) – Casting Crowns.

3- Tu és Santo – Pc Baruk.

4- Gratidão – Daniela Araujo.

5- Autor da minha vida – Sérgio Lopes.

6- Tua voz – Vineyard.

7- Ele vive – Leonardo Gonçalves.

8- Tu és Deus – Eduardo Mano.


9- Dependente – Jotta A.

10- Your love is everything – Jesus Culture.

Sem dúvidas, há mais louvores lindos como esses, dos próprios artistas. Que Deus os abençoe por usarem o dom que Ele lhes deu, para glorificar o Seu nome!

E amigos, procurem ouvir canções que os façam meditar, ao invés de pular. Glorificar a Deus, ao invés de a si mesmos. Canções que entrem no coração e não que fiquem apenas na mente.

Louvem a Deus, e a Ele somente!

Soli Deo Gloria!

Com amor,

Débora Amaro.

Indiferença

Era uma vez um escritor que morava em uma tranquila praia, junto de uma colônia de pescadores. Todas as manhãs ele caminhava à beira do mar para se inspirar, e à tarde ficava em casa escrevendo. Certo dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Ao chegar perto, ele reparou que se tratava de um jovem que recolhia estrelas-do-mar da areia para, uma por uma, jogá-las novamente de volta ao oceano.

Imagem

Por que está fazendo isso?”- perguntou o escritor.

“Você não vê!? –explicou o jovem– A maré está baixa e o sol está brilhando. Elas irão secar e morrer se ficarem aqui na areia”.

O escritor espantou-se.

“Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo afora, e centenas de milhares de estrelas-do-mar espalhadas pela praia. Que diferença faz? Você joga umas poucas de volta ao oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma”.

O jovem pegou mais uma estrela na praia, jogou de volta ao oceano e olhou para o escritor.

Para essa aqui eu fiz a diferença”.

Autor desconhecido

O Senhor não nos chama para salvarmos o mundo todo, mas o mundo ao nosso redor, o mundo que podemos tocar e alcançar.

Uma vida! Apenas uma. Ele não nos pede o mundo.

Que tal salvar UMA vida ainda em 2013?

Lenara (Não Morda a Maçã)

Verdadeiro amor ao próximo

Quero compartilhar com vocês o texto do Filipe Rodrigues, do vlog IDENTIDADE DO CÉU.

Ame o seu próximo como você ama a VOCÊ MESMO! (Lucas 10:27)

Como eu acho lindo esse mandamento de Cristo.

Mas quando olhamos pra esfera da Igreja, de um modo geral, começamos a perceber o quanto é difícil viver esse mandamento, afinal de contas o sinônimo de AMOR é RENUNCIA!

Vamos começar a pensar desde o começo!
Partindo do primeiro ponto, onde entendemos que devemos AMAR os nossos irmãos, aqueles que partilham da mesma Fé que nós, ou seja, aqueles que creem que Jesus veio em carne, morreu e ressuscitou no terceiro dia e que em breve virá nos salvar. Quando olhamos primeiro para esse ponto, já vemos vários desafios sobre AMAR os nossos IRMÃOS!

Tem gente mais complicada no mundo, que nós CRISTÃOS? Achamos que sempre somos os donos da razão, achamos que somos mais ungidos que os outros, e que conhecemos a bíblia mais que todo mundo, achamos que Deus nos ama mais do ama o nosso outro irmão, pensamos que por orar mais e jejuar mais, estamos mais próximos de Deus e por isso Deus fala mais com a gente do que com aquele irmão que não tem praticas espirituais como as nossas. Enfim, acho que já me fiz entendido sobre nossa relação com o mundo ECLESIÁSTICO, digamos assim.

Agora vai apertar um pouco viu?

Já percebeu que nós CRISTÃOS, dizemos o tempo todo “Jesus te ama”, mas na hora do “vamos ver” a gente sai fora da responsabilidade de amar? Agora pensa comigo: Se temos dificuldades de amar nossos irmãos, que partilham da mesma fé que nós, imagina só amar aqueles que AINDA não partilham da mesma fé que nós?

Eu acho o cumulo do absurdo, nós que dizermos conhecer um Deus tão amoroso, dizermos conhecer um Espirito Santo tão cavalheiro, mas esperamos que as pessoas a nossa volta, tenham as primeiras atitudes nobres, ao invés de nós! É estranho isso! Nós é quem devíamos dar o exemplo de humildade e amor… mas esperamos que as pessoas do mundo façam isso primeiro que nós! Como assim, gente? Porque não somos parecidos com Jesus, já que dizemos que o servimos de forma tão fiel? 

Dando uma “encurtada” no texto, quero pegar um ponto polemico, mas, que serve muito bem de exemplo para nós CRISTÃOS, além claro, de ser ATUAL.

Quando Jesus nos desafia a amar o próximo como nós mesmos, eu só consigo interpretar assim: “Cuide e sirva as pessoas, como você gostaria que elas te servissem, se você tivesse os mesmos talentos ou PRINCIPALMENTE, as dificuldades que elas tem.”

Quando olhamos por exemplo, para os homossexuais… Quem de nós estaria livre de ser um homossexual? Qual de nós estaria livre de ser VÍTIMA de uma história difícil e complicada como alguns deles foram vitimas? Qual de nós estamos livres de cometer um pecado, entendendo que o pecado deles, comparando com os nossos pecados, é a mesma coisa diante de Deus? Qual de nós estaríamos LIVRES de uma situação dessas? Ou será que eles foram amaldiçoados e nós abençoados? Acho que não, hein? Porque a própria Bíblia diz: “Aquele que pensa estar de pé, cuide para que não caia!”

Se você estivesse no lugar deles, como gostaria de ser tratado? Com amor ou com Rejeição? 

Tá bom, tá bom! Eu já sei… você ama o PECADOR mas não ama o PECADO! Então, vamos ver se isso é verdade mesmo!

Você já abraçou um homossexual hoje? Sem a intenção de ganhar ele pra Jesus… somente por AMOR, sem nenhum outro tipo de interesse. Você já se sentou pra comer em um restaurante, junto como um homossexual? Algum travesti, frequenta sua casa, como um amigo que precisa de amizades verdadeiras e alguém que o ajude com amor? (Não apenas um gay, mas qualquer tipo de pessoa considerada ”mínima” por seus pecados.) E ai? Será que nós REALMENTE amamos o PECADOR? Acho melhor parar com os exemplos, se não você vai passar vergonha demais.

free-hugs

O grande ponto de tudo o que quero dizer é que o AMOR de Deus, quebra TODO O NOSSO SENSO de JUSTIÇA!
Cara, será que você não entendeu que o Mundo está cansado de uma Igreja que não o Ama? E que tudo o que ele tem feito é só um GRITO DE DOR, aguardando a Manifestação dos Filhos de Deus? (Romanos 8:19-22)

A Bíblia diz que Deus é AMOR, ou seja: Deus = Amor e Amor = Deus. É a MESMA COISA!
E Se o mundo está esperando pelos FILHOS DE DEUS, ele está esperando PELOS FILHOS DO AMOR!

O Egoísmo Arruma desculpas. O Amor encontra caminhos. (Gustavo Paiva)
Precisamos amar as pessoas mesmo que elas não queiram ser amadas por nós, porque se estivéssemos no lugar delas, gostaríamos de ser amados pelas pessoas, mesmo quando NINGUÉM quer nos amar.

Espero que você esteja disposto a ser de fato um FILHO do AMOR por onde você for.

A Linguagem do AMOR é universal e quebra qualquer barreira, sendo essa RELIGIOSA o IDEOLÓGICA. O Amor sempre vai falar mais alto do que nossas diferenças.

Eu não posso fazer nada.

ImagemÉ revoltante como o mundo está hoje. É ainda mais revoltante ver como as pessoas lidam com isso. Veem cenas dramáticas, horríveis, tristes, sentem pena, e simplesmente dizem ”eu não posso fazer nada.”

Já pensou se as autoridades vissem os outros doentes, morrendo, e só pensassem ”Que pena. Mas eu não posso fazer nada.” Sei que a saúde pública é um caos, mas imaginem se nem hospitais existissem? E já pensaram se Henri Dunant (fundador da Cruz Vermelha) tivesse olhado para todos os dramas, as desgraças, e dissesse: ”Eu não posso fazer nada.” E já pensou, se, Deus olha para nós, cheios de pecados, sujos, e pensa ”eu não posso fazer nada”?

Eu sei, eu sei que muitas vezes realmente não dá pra fazer, mas há outras milhares em que sim. Sei também que dinheiro move o mundo, mas em muitos casos a falta mesmo é de amor. Pois o amor também move o mundo.

As pessoas estão conformadas demais com esse pensamento estúpido de que não podem fazer nada. Se pararem pra pensar, podem sim. Podem bem mais do que imaginam.

Sentir dó de alguém não o alimento, não o faz mais feliz, não o aquece do frio, não o veste, não o calça, não o sara… sentir dó é apenas sentir. Mas sentir amor, compaixão, é daí sim que vem o AGIR.

Sempre que vejo mendigos na rua, passando fome, sede, frio, me parte o coração. E ontem presenciei uma cena lamentável. Um homem morto de bêbado, e uma criança que devia ter uns 5 anos, ao lado do pai, com os olhos cheios de lágrimas. E foi como os meus também ficaram.

É por essas e outras coisas, que eu não consigo deitar a cabeça no travesseiro e dormir pensando que não posso fazer nada. Hoje, eu realmente não pude, e isso é o mais angustiante.

Mas irmãos, se vocês tem a oportunidade, e eu sei que tem, por que todo dia é uma nova chance de fazer algo, FAÇA. Não fique apenas com dó, mas HAJA. Experimente ajudar, alimentar, orar, experimente AMAR!

O mundo vai continuar como está, e até piorar, se mais pessoas continuarem pensando que não podem fazer nada. Não seja mais uma! Deus precisa que você diga: ”Eis-me aqui, envia-me a mim.” O mundo precisa que você diga: ”Eu o amo. E eu posso fazer algo!”

E orem pelo meu sonho, que se Deus assim permitir, de ter uma ONG.

Você pode fazer algo!

4 maneiras de ajudar seus amigos a considerarem Jesus.

Texto retirado do blog FervrImagem

A salvação é, em última análise a obra de Deus, mas há maneiras de ajudar.

Há uma série de coisas que você pode fazer para ajudar seus amigos a considerarem Jesus, e pensar sobre o seu relacionamento com Deus. No entanto, como cristãos, precisamos reconhecer que é Deus quem faz o trabalho de chamar as pessoas para EleEnquanto Ele pode usar-nos, em última análise é o seu trabalho [Rm 9:16Ef 1:4]. Portanto, temos de perceber que qualquer sucesso ou o fracasso não é por causa da nossa própria capacidade ou incapacidade. Com isso em mente, aqui estão quatro maneiras que você pode ajudar:

1. Ore por seus amigos

Reconhecendo que o seu amigo só pode ser salvo se Deus chama, você definitivamente deve estar orando [Fp 4:6]. Ore para que Deus mova os corações de seus amigos para crer em Jesus, e peça oportunidades para compartilhar o Evangelho com eles. Talvez você poderia orar com alguns outros amigos cristãos ou pessoas da igreja em uma base semi-regular?

2. Seja pró-ativo

Seja proativo sobre a criação de oportunidades para falar de Jesus [Mateus 28:19-20]. Algumas idéias incluem:

(1) Pergunte se eles lêem a Bíblia ou se gostariam de. Se sim, em seguida, começar a leitura através do evangelho de Marcos.

(2) Você poderia perguntar se eles têm alguma dúvida sobre o Cristianismo. Isto dá-lhes uma oportunidade para eles para definir a agenda e permite que você se envolva com eles em um ponto que é de interesse deles.

(3) Você poderia convidá-los para um evento evangelístico onde você sabe que vai ser uma palestra destinada a explicar o Evangelho aos não-cristãos. Esteja preparado para segui-las e não deixar cair o assunto após o orador fazer sua parte.

3. Esteja aberto sobre o Cristianismo em suas conversas

Continue a falar abertamente sobre as coisas cristãs, assim como você iria falar sobre sua família ou qualquer outro interesse que você tem. Se os seus amigos percebem que Jesus é parte de sua vida e você está falando sobre ele regularmente, então eles vão estar mais abertos a se envolver com você.

4. Viver uma vida piedosa

Por último, manter uma vida piedosa que deixa claro que somos cristãos [Mateus 5:16]. Nas decisões que você faz, e palavras que você diz, e nas coisas que você faz, assegurar que estas são consistentes com o que a Bíblia tem a dizer sobre a vida cristã. Seus amigos te verão diferente, e terá um impacto sobre eles.

Não há nada mais angustiante que ver nossos amigos se lambuzarem na sujeira do mundo, dói em nossa alma. Mas podemos fazer nossa parte por eles. Afinal, isso é amar. Isso é ser amigo.